Cid Gomes diz que PT perderá as eleições e chama seguidor do partido de “babaca”, veja o vídeo

0
100
Eleições 2018: Cid Gomes (à direita) irmão de Ciro Gomes ficou nervoso em evento para Haddad

Eleições 2018 – Na noite de ontem (15), durante um evento que deveria ser de festa para o PT, em Fortaleza (CE), algo saiu do controle. O partido lançava a campanha de Fernando Haddad, e, Cid Gomes (PDT), irmão de Ciro Gomes (terceiro colocado no primeiro turno das eleições presidenciais), era, portanto, um dos convidados da noite. No entanto, acabou por discutir seriamente com os militantes presentes.

Cid Gomes, que foi eleito senador pelo estado do Ceará, foi convidado para fazer  discurso de apoio ao candidato Haddad. No entanto, o que ninguém esperava, era que ele dissesse o que disse. Afirmou que o PT “vai perder feio a eleição”, e, ainda disparou um “babaca” para um manifestante contrário à sua fala.

Leia também: Pesquisas eleitorais: você confia nelas?! Nesta semana saem novas apurações para Presidente da República

Eleições 2018 – A origem da confusão

O início de desentendimento entre o senador e boa parte dos militantes presentes ao hotel de luxo (onde acontecia o evento), se deu quando Cid pediu ao PT, que reconhecesse seus erros cometidos na presidência.

Tudo seguia muito bem, inclusive, com Haddad recebendo muitos elogios por parte do senador, que chegou a afirmar que votaria no petista com prazer. Entretanto, a senha para desentendimento com a plateia, como mencionado, foi ter cobrado um mea-culpa do partido.

Entre vaias e algumas manifestações de apoio, Cid afirmava com firmeza que os erros cometidos fariam perder a eleição para Bolsonaro. Chegou a dizer que o PT “aparelhou as repartições públicas”, e, exaltado, disse que o motivo para tal, era por pensaram “que eram donos de um país, e o Brasil não aceita ter dono”.

Disse ainda que era preciso pedir desculpas, “ter humildade e reconhecer que fizeram muita besteira”.

Eleições 2018: Clima ficou tenso no evento de Haddad
Eleições 2018: Clima ficou tenso no evento de Haddad

Eleições 2018: Cid diz que quem criou Bolsonaro foi o PT

Em meio às vaias, o senador disparou:

“Quem criou Bolsonaro foram essas figuras, que se acham donos da verdade, que acham que podem fazer tudo, que acham que os fins justificam os meios (…)”

Em seguida, a multidão começou a gritar por Lula, entoando o já tradicional coro. Foi a senha para Cid Gomes responder com firmeza, apontando para um militante:

“O Lula tá preso, babaca. E vai fazer o quê? Babaca, babaca! Isso é o PT, e o PT desse jeito merece perder, só pra rimar. É esse sentimento que vai perder a eleição”. 

Cid Gomes deixa o evento cercado por seguranças 

Após a discussão, o senador Cid Gomes deixou o hotel onde acontecia o evento, na companhia de diversos seguranças. Saiu debaixo de muitas vaias e de alguns gritos de apoio.

Nessas eleições 2018, Cid foi líder da coligação com o PT no estado do Ceará. Ajudando, portanto, a reeleger, ainda em primeiro turno, o governador petista Camilo Santana.

Veja o vídeo onde o senador discute com os manifestantes:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here