Programa substituto do Minha Casa Minha Vida foi adiado; saiba mais

0
49
minha-casa-minha-vida-substituição-adiada
Substituto do Minha Casa Minha Vida foi adiado

26 de dezembro – De acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, os custos do substituto do programa de habitação do governo repassados pelos agentes operadores e financeiros estão muito elevados. Por essa razão, a nova versão do Minha Casa Minha Vida foi adiada. Veja mais.

Saiba mais:

Minha Casa Minha Vida: os tickets para os contemplados e os custos ao banco; saiba detalhes.

O adiamento da nova versão do Minha Casa Minha Vida

minha-casa-minha-vida-substituto
Programa substituto do Minha Casa Minha Vida foi adiado; saiba mais

Tem ocorrido um intrincado impasse a respeito dos custos de operacionalização do novo programa habitacional do governo, que substituiria o atual programa Minha Casa Minha Vida. Portanto, por essa razão, ele foi adiado para o primeiro semestre de 2020.

Saiba mais:

Quais são as faixas de renda do Minha Casa Minha Vida? Conheça.

Dessa forma, segundo o ministro Gustavo Canuto, os valores estão bem mais altos do que o governo gostaria ou esperava.

Outrossim, conforme enunciou ele, o desejável é que a operação consuma no máximo 10% do voucher, que será concedido para as famílias construírem, comprarem ou reformar a casa própria.

O ticket médio está avaliado em torno de R$ 60 mil.

De acordo, portanto, com o divulgado na imprensa, o novo programa do governo deverá transferir diretamente os benefícios por meio do já mencionado voucher.

Ele (o voucher) funciona como uma espécie de vale que garante um crédito em dinheiro, cujo valor dependerá de cada região do país.

Os objetivos da nova versão do MCMV

O objetivo dessa reformulação é ajudar as famílias com uma renda mensal de R$ 1,2 mil em média, que residem em casas precárias nos municípios com até 50 mil habitantes.

Já a seleção ocorrerá pautada no Cadastro Único, que é a mesma base de dados do Bolsa Família.

A medida provisória que funda o sucessor do programa habitacional atual do governo, já está devidamente pronta. No entanto, as negociações encalharam na remuneração do agente operador e financeiro.

Os custos das alterações no programa de habitação

As instituições têm colocado um preço alto para lidar com o modelo de voucher do novo Minha Casa Minha Vida.

Veja ainda:

Minha Casa Minha Vida: construtoras reduzem obras do programa por falta de recursos.

Além de demonstrarem uma grande preocupação em relação à fiscalização e aplicação certa dos valores, inclusive. O receio é de serem responsabilizadas por eventuais desvios no programa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here