Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mais Lidas

Todo mundo comentando

SPC Brasil estima crescimento de vendas para o Natal

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

26 de novembro de 2019 – Segundo o SPC Brasil, as festividades de Natal e Fim de ano poderão mobilizar o mercado financeiro e injetar 60 bilhões no comércio e setores de serviços. Serão aproximadamente 120 milhões de pessoas na busca de presentes de Natal.

Os shoppings levam a pior comparado a lojas de departamento e internet, que sempre estão com ofertas tentadoras para conquistar o consumidor. Mesmo com a crise financeira que assola o país, as pessoas não se intimidam e querem garantir o presente para seus entes queridos.

Uma pesquisa realizada nas capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), revela que 77% dos consumidores devem presentear alguém no Natal deste ano. Além disso, o percentual se aproxima dos números registrados em 2018 onde cerca de 79% dos consumidores foram as compras na data comemorativa.

SPC Brasil estima crescimento de vendas para o Natal
SPC Brasil estima crescimento de vendas para o Natal

Presentear sem risco de inclusão do nome no SPC

Segundo a pesquisa realizada pelo SPC Brasil, cerca de 17% dos consumidores ainda não sabem se irão adquirir presentes e 7% declararam que não pretendem gastar dinheiro com presentes natalinos.

Porém, a pesquisa revelou que a causa dessa escolha se dá pelo desemprego e falta de dinheiro. 15% dos entrevistados assumiram que estão desempregados, assim correm o risco de comprar e não conseguir pagar a dívida futuramente. Outros 39% revelaram que mesmo estando empregados, falta dinheiro.

Para Roque Pellizzaro Junior, presidente do SPC Brasil, como o Natal é uma data simbólica e cultural para os brasileiros. Sendo assim, muitas pessoas querem participar de comemorações como a brincadeira do “amigo secreto”, entretanto, ficam receosas com suas finanças.

“O Natal é o período mais aguardado do ano para consumidores e comerciantes e dá indícios de que a disposição dos brasileiros para consumir está retornando, ainda que aos poucos;

Mesmo que a recente liberação dos recursos do FGTS vá, principalmente, para o pagamento de dívidas, o comércio pode se beneficiar da medida para novas vendas, pois esses consumidores estarão recuperando seu crédito na praça. De modo geral, os dados comprovam que o hábito de presentear nesta data é cultural entre os brasileiros e sobrevive mesmo quando há dificuldades econômicas”, afirma Pellizaro.

Leia ainda: Cadastro Positivo: entenda mais sobre o que muda após Bolsonaro sancionar projeto

O que fazer para não ficar endividado?

Caso queira participar das comemorações natalinas, porém está com medo de gastar e consequentemente entrar para lista de inadimplência do SPC, saiba que existem outras formas de fazer pessoas felizes sem precisar de presentes caríssimos.

  • Marque presença nas comemorações, caso não leve presentes, geralmente pessoas compartilham comidas e sobremesas para a ceia. Faça o mesmo, assim você não fica de fora.
  • Esqueça os presentes caros, às vezes uma lembrança ou sua presença podem ter mais significado.
  • Caso ainda insista no presente, comece a organizar suas finanças desde o início do ano. Assim, poderá chegar na data com o dinheiro certo para presentear seus entes. E o melhor de tudo: sem correr risco de ter o nome sujo no SPC por não poder pagar uma dívida.

Leia ainda: Atrasou a entrega do cartão Nubank? Saiba o que pode ter acontecido e o que fazer

Ajude a fazer o Diário Prime News! Tem dúvidas, críticas ou sugestões de pauta? Fale conosco! Mande email para contato@dpnews.com.br  


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!