Empréstimo sem consulta ao SPC e Serasa: vale a pena o crédito do Bradesco que não exclui negativados? Compare

0
129
Empréstimo sem consulta ao SPC e Serasa: vale a pena o crédito do Bradesco que não exclui negativados? Compare
Empréstimo sem consulta ao SPC e Serasa: vale a pena o crédito do Bradesco que não exclui negativados? Compare

O empréstimo consignado é a modalidade mais barata para aquisição de crédito pessoal no mercado brasileiro. Possibilita que até mesmo os negativados no SPC e Serasa sejam atendidos. Nesse sentido, o Bradesco, um dos maiores bancos nacionais, tem apresentado essa opção à disposição dos consumidores, conforme já apresentamos por aqui. Mas será que esse empréstimo realmente valeria a pena? O que o banco oferece é realmente a melhor opção de crédito na praça? Na sequência a resposta para essas perguntas e muito mais sobre como funciona essa modalidade de empréstimo.

Empréstimo do Bradesco sem consulta ao SPC/Serasa vale a pena? Entenda
Empréstimo do Bradesco sem consulta ao SPC/Serasa vale a pena? Entenda

Crédito consignado: por que os negativados podem ser contemplados por esta modalidade de empréstimo?

É preciso entender que o crédito consignado é uma operação um tanto restrita, já que ela é oferecida pelos bancos e financeiras a aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos e funcionários de empresas privadas (com carteira assinada).

Normalmente as instituições exigem um convênio com as empresas para, assim, atender aos trabalhadores.

Além disso, o pagamento das prestações é descontado direto do contracheque ou do benefício do INSS. O que garante, portanto, taxas de juros mais baratas que as do cartão de crédito e cheque especial, por exemplo.

Pois existe a garantia de recebimento de renda mensal para suportar a parcela do empréstimo. Logo aquela desconfiança do mercado com quem está no SPC e Serasa, fica superada em princípio.

Desse modo em função dos pagamentos das parcelas do empréstimo ficarem vinculados ao recebimento do salário ou aposentadoria, que muitos bancos e financeiras resolvem emprestar para negativados no SPC e Serasa. 

Existe análise de perfil do cliente

Vale fazer a ressalva que, independentemente da modalidade de crédito, as instituições financeiras sempre, como regra, farão a análise de perfil financeiro do potencial cliente.

Nesse contexto, portanto, pode acontecer sim, de não emprestar dinheiro a determinada pessoa, mesmo em se tratando de empréstimo consignado.

A rigor existem bancos que taxativamente já impossibilitam logo de início o crédito, para quem está negativado; independentemente de qualquer coisa.

Veja como funciona as taxas de juros do consignado

As taxas de juros cobradas no empréstimo consignado tendem a ser menores em face  do risco menor, comparando-se às outras formas de crédito.

E elas não ultrapassam esse limite pré-estabelecido.

Mas embora a taxa de juros do empréstimo consignado seja regulada por esse teto, ou seja, por um valor máximo, o valor da taxa cobrada ainda assim varia de banco pra banco.

Leia ainda:

Comparativo entre o Bradesco e demais bancos com menores taxas de empréstimo consignado

Vale salientar que as condições apresentadas podem mudar.

Os bancos podem oferecer taxas diferentes, de acordo com as condições e a análise do perfil de cada pessoa, como já dito antes.

Confira alguns dos principais bancos e um resumo das condições ofertadas:

  • Banco Bradesco

Clientes atendidos: aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos e funcionários de empresas privadas com convênio.

Os juros são a partir de 1,26% ao mês.

Já o pagamento pode chegar a 96 meses, dependendo do convênio.

Além disso, o Bradesco não exige que a pessoa seja correntista do banco, para conseguir o empréstimo.

  • Banco Banrisul

O consignado do banco atende os beneficiários do INSS, servidores públicos, de todos os níveis, e trabalhadores do setor privado.

As taxas de juros estão a partir de 1,60% ao mês.

  • Banco do Brasil

O maior destaque do banco é, literalmente, seu amplo alcance nacional, podendo atender pessoas em todo o Brasil.

Com taxas a partir de 1,68% ao mês, o banco permite que o empréstimo seja pago em até 96 parcelas.

Entretanto, as condições dependem do convênio, idade e valores.

  • Banco Olé Consignado

Certamente, um dos diferencias do banco é a possibilidade de empréstimo para negativados, desde que esteja em uma das categorias elegíveis.

Contudo, a proposta de conceder um empréstimo rápido, sem burocracia e que possa ser contratado pela internet também merece destaque.

As taxas de juros são a partir de 1,79% ao mês.

O banco é especializado em atender beneficiários do INSS e servidores públicos.

  • Banco Safra

O empréstimo consignado do Banco Safra atende aposentados e pensionistas do INSS, assim como funcionários de empresas públicas e privadas.

As taxas de juros estão a partir de 1,70% ao mês.

Ainda mais, não é necessário ser correntista.

O consignado do Bradesco é de fato a melhor opção de empréstimo?

Considerando as taxas de juros cobradas, o tempo alongado para pagamento e o universo de consumidores a serem atendidos, não se excluindo nem mesmo a possibilidade dos negativados serem atendidos, o Bradesco tem sim um produto bastante competitivo.

Contudo, caso não se passe numa análise de crédito, a urgência e o aperto da hora é que vão determinar o melhor empréstimo.

E aí, invariavelmente, será aquele que estiver disponível para o cliente, a despeito de ser desvantajoso em relação às taxas, por exemplo.

Mas vale a ressalva, que a tomada de um empréstimo em condições ruins, altas taxas de juros, parcelas altas e prazo de pagamento apertado, pode complicar ainda mais a situação financeira.

Antes de escolher onde tomar o empréstimo, planeje-se!

Conforme o economista Fabrício Fernandes, da NPM Projects, falando ao Diário Prime News, pesquisar, planejar e manter a prudência é fundamental na hora de buscar  crédito no mercado:

“Antes de fechar qualquer negócio, o prudente é fazer uma pesquisa ampla, simular propostas, comparando com outras ofertas de empréstimo, ainda mais sendo consignado, que as condições tendem a ser as melhores do mercado. Contudo, é fundamental planejar o bom uso do dinheiro, se for usar para pagar outras dívidas, com juros mais altos e concentrar em uma operação de crédito consignado, sem dúvida, essa é uma opção bastante válida”.

Como se percebe, portanto, o empréstimo consignado pode sim ser uma boa opção para o consumidor. Entretanto isso não exclui a necessidade de atenção na tomada de decisão.

Leia ainda:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here