MEI: venda de produtos digitais está em crescimento e pode gerar altos ganhos

0
591

11 de fevereiro – Para quem está pensando em abrir um MEI, começar um negócio e assim, desenvolver uma atividade lucrativa, é necessário fazer um bom estudo de mercado e identificar boas oportunidades para se explorar.

O microempreendedorismo está em franco crescimento no Brasil. De acordo com o Portal do Empreendedor, a opção de empresas formalizadas como MEI (microempreendedor individual) já passa dos 9,5 milhões.

Mas antes de tomar a decisão de abrir uma empresa é preciso saber qual segmento explorar e dimensionar o esforço necessário, tanto pelo lado intelectual quanto pelo financeiro.

Uma boa opção para quem é MEI, que está em franco crescimento e não exige muito investimento e nem grande complexidade, é o segmento de marketing de afiliados, onde se é possível vender produtos digitais e obter altos ganhos.

Leia ainda: MEI: negócios online crescem e se tornam grandes oportunidades de lucro; veja

MEI pode garantir um ótimo faturamento vendendo infoprodutos

Uma grande vantagem de abrir uma empresa como MEI é exatamente o baixo investimento e os custos mensais. Além disso, esse segmento se caracteriza pela simplicidade dos negócios.

Contudo, o grande desafio reside em desenvolver algo que ao mesmo tempo não exija grandes esforços financeiros e que também possa trazer resultados rápidos.

Nesse quesito, trabalhar com a venda de produtos digitais pode ser uma ótima oportunidade de negócios para o MEI.

E é possível começar tendo apenas um computador ou até mesmo um smartphone como estrutura.

O que são produtos digitais

Produtos digitais ou infoprodutos, nada mais são do que materiais em formato digital, como:

  • E-books (livros digitais)
  • Músicas
  • Aplicativos
  • Cursos on-line
  • Vídeos (palestras, treinamentos, consultorias)

Entretanto, os produtos que mais se destacam e são os e-books e os cursos on-line.

O microempreendedor deve estar atento a um mercado em franco crescimento no Brasil e que pode representar altos ganhos

Vender produtos digitais pode trazer resultados rápidos e ganhos bastante expressivos. Além disso, esse é um mercado que ainda está amadurecendo, ou seja, tem muito espaço e oportunidades para se explorar.

Certamente, muitas pessoas já ouviram falar de alguém que já ganhou muito dinheiro com esse negócio, mas é preciso entender que qualquer empreendimento de sucesso exige estudo, planejamento e muito trabalho.

Portanto, isso não significa a garantia de lucro fácil para um MEI, mas de que há uma boa demanda para a oferta.

Estrutura e conhecimentos que o MEI deve buscar adquirir antes de empreender

Para se ter sucesso nesse negócio é preciso investir em alguns conhecimentos e também em uma estrutura digital.

O grande segredo desse negócio é obter tráfego, ou seja, conseguir trazer as pessoas para uma página de vendas, que pode ser um site ou uma loja online.

De forma simplificada, o MEI que estiver pensando em explorar esse negócio deve investir na construção de um site para divulgar conteúdo sobre os produtos que serão vendidos

Além disso, é possível aprender a fazer um assistindo vídeos no Youtube, como no canal A Escola de Sites (gratuitamente).

O investimento é muito baixo, já que é possível construir um site, usando a plataforma WordPress, apenas assistindo vídeos no Youtube e hospedar (armazenar o conteúdo) por pouco mais de R$ 10,00 por mês.

Para que serve esse site

O MEI deverá produzir e divulgar conteúdo sobre os produtos que ele deseja vender, como artigos e vídeos.

As pessoas serão atraídas por esse conteúdo e assim, sentirão o desejo de comprar o produto digital.

Exemplo: digamos que o MEI venda livros digitais (e-books) de receitas saudáveis.

O microempreendedor poderá escrever, ou contratar alguém para isso, matérias sobre vida saudável, o poder dos alimentos naturais, como emagrecer e ficar mais jovem se alimentando bem, etc.

Depois, ele poderá compartilhar o link dessas matérias nas suas redes sociais e as pessoas interessadas vão até o seu site procurar esse conteúdo.

Assim, após as matérias despertarem o interesse, as pessoas vão ter a opção de comprar o livro digital de receitas saudáveis e o empreendedor vai ganhar uma comissão sobre as vendas.

Potencial de faturamento

Para se ter uma noção do quanto isso pode render, imagine que 1000 pessoas se interessem em comprar o livro digital e que ele custe R$ 20,00, pagando uma comissão para o MEI de 50% (as comissões de infoprodutos costumam ser bem altas).

Com a venda de 1000 livros, o MEI poderá faturar R$ 10.000. Além disso, é possível vender diversos produtos digitais em um único site e ganhar boas comissões de todos eles.

Conhecimento necessários que o MEI deve adquirir para potencializar suas chances de sucesso

Quanto mais se aprender sobre esse mercado e as técnicas utilizadas por grandes empreendedores desse segmento, maiores serão as chances de sucesso.

Alguns conhecimentos que o microempreendedor deve priorizar e buscar desenvolver:

  • Marketing digital
  • Vendas on-line (técnicas de e-commerce)
  • Construir um site em WordPress
  • Como anunciar em redes sociais (Facebook e Instagram)
  • Como anunciar no Google
  • Técnicas de SEO – basicamente esse conhecimento se resume a como escrever artigos que possam bem classificados e que apareçam com destaque nas pesquisas feitas no Google.

O microempreendedor pode adquirir esses conhecimento de forma gratuita

Plataformas de ensino à distância, gratuitas, como Sebrae, Fundação Bradesco e FGV, oferecem muitos cursos on-line nessas áreas, inclusive, com certificados.

Onde o MEI pode conseguir produtos digitais para vender

Atualmente, as melhores plataformas para se filiar e escolher produtos digitais para comercializar são:

  • Hotmart: www.hotmart.com
  • Monetizze: www.monetizze.com.br
  • Eduzz: www.eduzz.com

O crescimento dessas plataformas é a prova de que há muitas oportunidades para para se investir no marketing de afiliados.

Além disso, todo o processo é muito simples, desde como adquirir conhecimento até o investimento necessário e o tempo para se começar a trabalhar com esse mercado.

Em um país que apresenta quase 13 milhões de pessoas desempregadas, tem sido uma forma simples e sem muitas burocracias para se fazer dinheiro.

Leia ainda: MEI: negócios lucrativos que podem ser iniciados imediatamente e sem ter que investir

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here