MEI: negócios online crescem e se tornam grandes oportunidades de lucro; veja

0
530
MEI: negócios on-line crescem e se tornam grandes oportunidades de lucro
MEI: negócios on-line crescem e se tornam grandes oportunidades de lucro

11 de fevereiro – A tecnologia tem possibilitado o surgimento de diversos negócios online. Trabalhar de casa, portanto, já é uma realidade lucrativa para milhões de pessoas. Assim, para quem está pensando em ter um negócio, a possibilidade de abrir um MEI para se formalizar e passar a ter acesso a diversos serviços e benefícios, também é uma vantagem a se considerar.

Em 2018 os negócios online foram responsáveis por um faturamento de mais de R$ 24 bilhões. Um aumento de mais de R$ 17 bilhões em 10 anos.

Além disso, o país hoje tem mais de 80 milhões de pessoas conectadas à internet e a tendência é de crescimento.

Com a tecnologia avançando, diversos serviços que facilitam a vida das pessoas também possibilitam inúmeras oportunidades lucrativas. Portanto para quem é um MEI ou até pensa em abrir um negócio, esse pode ser um ótimo segmento.

Leia ainda:

Financiamento custo zero: saiba como conseguir dinheiro mesmo negativado e tire sua ideia do papel

MEI: negócios on-line crescem e se tornam grandes oportunidades de lucro
MEI: negócios on-line crescem e se tornam grandes oportunidades de lucro

Lojas virtuais são uma boa aposta para um MEI empreender

O microempreendedor individual (MEI) deve ficar atento aos hábitos diários da população, o quanto se usa a tecnologia para resolver atividades e consumir serviços no dia a dia. O uso dos telefones celulares tem crescido consideravelmente.

De acordo com uma pesquisa do Ebit/Nielsen, cerca de 32% das transações foram feitas por smartphones, mas a estimativa é que em 2020 esse número deva crescer para 50% das compras.

Ou seja, possuir um e-commerce (loja virtual) é uma das boas apostas de negócios para um MEI aproveitar.

Os e-commerces são mais fáceis de serem abertos, exigem menos investimento e, certamente, custos mensais fixos bem menores que lojas físicas.

Além disso, uma outra vantagem é a possibilidade de administrar o negócio trabalhando em casa.

Negócios online: categorias que mais dão lucro no faturamento do e-commerce nacional

Resolveu, portanto, investir num e-commerce. Ok, mas por qual seguimento traçar um caminho? Veja o ranking de áreas que mais geram faturamento:

  1. Telefonia e Celulares (18,9% do faturamento total do mercado);
  2. Eletrodomésticos (17,9% do faturamento total do mercado);
  3. Eletrônicos (11,2% do faturamento total do mercado);
  4. Informática (9,8% do faturamento total do mercado);
  5. Casa e Decoração (9,5% do faturamento total do mercado);
  6. Saúde, Cosméticos e Perfumaria (6,2% do faturamento total do mercado);
  7. Moda e Acessórios (6,0% do faturamento total do mercado);
  8. Esporte e Lazer (4,2% do faturamento total do mercado);
  9. Acessórios Automotivos (2,4% do faturamento total do mercado);
  10. Livros, Assinaturas e Apostilas (2,3% do faturamento total do mercado).

Qualificação gratuita para o MEI

Para o MEI empreender e ter sucesso é necessário aprender sobre e-commerce, e o Sebrae oferece uma plataforma de cursos on-line gratuitos, que abordam diversos conhecimentos, como:

  • Marketing digital;
  • Como vender pela internet;
  • Como conquistar e manter clientes entre outros.

Os MEIs interessados, devem acessar a plataforma de cursos online, se cadastrar e assistir as aulas.

Como se cadastrar como MEI?

É um processo muito simples. Tudo pode ser realizado através da internet, para isso basta acessar o Portal do Empreendedor e em seguida preencher as informações solicitadas.

Os custos mensais são bem acessíveis ao empreendedor.

Ao torna-se MEI, o empreendedor abre portas para o mercado e o seu negócio se torna uma empresa legalizada, facilitando, inclusive, o acesso a linhas de crédito.

Além disso, o microempreendedor passa a ser um profissional segurado pela Previdência Social, podendo usufruir de todos os benefícios.

Portanto, a formalização é o primeiro passo para o sucesso nos negócios.

Leia ainda:

MEI: descubra se a sua ideia de negócio pode ser lucrativa

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here