MEI: desenvolva um negócio online e não dependa mais de emprego

0
92
MEI: como desenvolver um negócio online e não depender mais de emprego
MEI: como desenvolver um negócio online e não depender mais de emprego

Os negócios online vêm se tornando a cada dia uma excelente opção de empreendedorismo para quem é MEI. Se em tempos de crise o desemprego tem se tornado um pesadelo constante, talvez seja a hora de começar a empreender, buscar a tão sonhada liberdade financeira e não depender mais de patrão.

Mas a principal dúvida que surge em qualquer empreendedor é como fazer, quais passos seguir? Mesmo para quem é MEI e busca montar um pequeno negócio, saber como proceder e identificar boas oportunidades, certamente, será fundamental ao sucesso.

Nessa matéria, vamos apresentar um roteiro que pode ser seguido por qualquer microempreendedor individual (MEI) e também algumas boas oportunidades para desenvolver um negócio online de sucesso.

Leia ainda:

MEI: como desenvolver um negócio online e não depender mais de emprego
MEI: como desenvolver um negócio online e não depender mais de emprego

Principais ações que o MEI deve tomar para desenvolver um negócio online

A primeira coisa a fazer, apesar de não ser um requisito obrigatório, é a formalização do negócio.

Abrir um MEI é muito simples, rápido e gratuito. Inclusive, o Sebrae pode ser útil aqui.

Ter um negócio formalizado traz muitas vantagens, como direitos beneficiários, acesso a linhas de crédito em diversos bancos e instituições financeiras e também a possibilidade de participar de licitações públicas.

No site do Sebrae, tem um roteiro completo, passo a passo, de como abrir um MEI.

Identifique uma oportunidade de negócio, mas dentro de sua área de interesse

Uma grande vantagem de ter um negócio online é que existem diversos modelos de negócios, alguns não exigem nenhum tipo de investimento e podem ser iniciados imediatamente.

Contudo, um fator importante é entender do que se faz, já que é muito mais fácil trabalhar com algo que a pessoa tenha afinidade e mais importante, goste do que faz.

Algumas das oportunidades de negócios online que o MEI pode trabalhar

Trabalhar com e-commerce (vendas online)

É possível trabalhar vendendo produtos próprios ou de terceiros. Empresas como a Magazine Luiza permitem quem o empreendedor vendas os produtos da empresas em uma loja online própria, sem precisar investir e podendo começar imediatamente.

Mas se o MEI quiser montar a sua própria loja online e vender os seus produtos, saiba que não é preciso entender nada de programação ou design.

Empresas como a Wix e a Hostgator possuem ferramentas que permitem qualquer pessoa criar uma loja, de forma simples, passo a passo.

Certamente, apostar no e-commerce é uma oportunidade que não deve ser desprezada, já que nesse período de pandemia de coronavírus, o comércio eletrônico aumentou 33%, movimentando R$ 20,4 bilhões, segundo o site Valor Investe.

E quem não tem dinheiro para investir na compra e revenda de produtos, uma boa alternativa é trabalhar com a venda de usados.

Pode ser qualquer coisa, até mesmo pegando de amigos, familiares ou vizinhos, e oferecer através das redes sociais, OLX, WhatsApp ou Mercado Livre.

Produtos que costumam representar boas vendas:

  • Roupas exclusivas;
  • Acessórios (bolsas, cintos, colares);
  • Produtos de higiene concentrados.
  • Tecnologia, como aparelhos de inteligência artificial;
  • Artesanato;
  • Bolos, doces e salgados;
  • Alimentação para vegetarianos ou veganos;
  • Produtos de beleza naturais.

Desenvolver um produto digital e vender em plataformas

Essa é uma grande oportunidade para quem tem algo a ensinar, ganhando dinheiro ensinando os outros, pode ser:

  • um curso de culinária;
  • tocar um instrumento musical;
  • realizar pequenos reparos domésticos;
  • algum artesanato, como crochê ou bordado;
  • idiomas;
  • ou até mesmo conhecimentos de gestão, planejamento, finanças, investimento, entre outros.

Além disso, vender produtos digitais tem uma grande vantagem, já que depois de pronto, ele pode ser vendido centenas ou milhares de vezes, o mesmo produto.

É possível vender esse conhecimento em diversos formatos digitais, mas os mais comuns são:

  • E-books;
  • Cursos online em vídeo;
  • Podcasts;
  • Webinars.

Adquirir conhecimento é o passo mais importante que o MEI deve seguir; Sebrae pode ajudar

Os negócios online tem suas especificidades e o MEI deve estar atento a essa questão, já que para ter sucesso, conhecer de estratégias e ferramentas é fundamental.

Assim como uma loja física necessita de fluxo, ou seja, clientes entrando para comprar, um negócio digital depende de tráfego para o seu produto ou loja digital.

Ter um bom tráfego (pessoas navegando na internet até você) é como se uma loja física estivesse localizada em um ótimo ponto comercial.

Portanto, quanto mais entender como funcionam os negócios online, maior será o potencial de faturamento.

É possível buscar conhecimento gratuito em cursos do Sebrae ou até mesmo em matérias específicos.

Leia ainda:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here