Veja como deve ficar o calendário das quatro parcelas de 300 reais

Beneficiários vão receber quatro parcelas de R$ 300 até dezembro

0
455
Veja como deve ficar o calendário das quatro parcelas de 300 reais
Veja como deve ficar o calendário das quatro parcelas de 300 reais

O calendário das quatro parcelas de 300, anunciadas pelo Governo Federal até dezembro, ainda não foi oficializado pela Caixa Econômica Federal. No entanto, algumas projeções já podem ser feitas de acordo com cronogramas anteriores e com o que diz o texto da Medida Provisória.

A MP 1000/2020 afirma que o auxílio emergencial residual (quatro novas parcelas) será pago até o dia 31 de dezembro.

Ou seja, o texto publicado no Diário Oficial da União garante que todos os beneficiários irão receber o valor referente a quatro parcelas antes da virada de ano, independentemente de qual ciclo de beneficiários faça parte.

Calendário das quatro parcelas de 300: veja como deve ficar
Calendário das quatro parcelas de 300: veja como deve ficar (Foto: Freepik.com)

Leia mais: Bolsonaro edita Medida Provisória 1000 que define auxílio emergencial residual

Calendário das quatro parcelas: calendário de quem recebe Bolsa Família

Mesmo sem ainda haver anúncio oficial, é possível afirmar quando os beneficiários provenientes do Bolsa Família vão receber.

É provável que esse grupo continue recebendo no mesmo calendário do programa, estabelecido há dez anos.

Ou seja, quem recebe Bolsa Família vai seguir com o dinheiro do auxílio sendo depositado a partir do dia 19 ou 20 de cada mês – setembro, outubro, novembro e dezembro.

O calendário é iniciado no dia 19 (quando o mês tem 30 dias) ou no dia 20 (quando o mês possui 31 dias), com ordem de pagamento que segue o número final do NIS.

Leia também: Dataprev Auxílio Emergencial em avaliação? Entenda mais sobre isso

Provável cronograma dos inscritos pelo app ou site

Os cidadãos cadastrados através do aplicativo ou site do auxílio e que começaram a receber o benefício em abril, têm a quinta parcela a ser depositada neste mês de setembro.

O calendário vem sendo iniciado a partir do dia 28 de cada mês e deve continuar assim até dezembro, com as quatro parcelas restantes.

Já outros beneficiários que ainda vão receber a quarta e quinta parcela até o mês de novembro, mas também vão receber o restante até dezembro.

Isso porque o texto da Medida Provisória 1000 garante que todos os beneficiários receberão as quatro parcelas restantes até o fim de 2020.

O calendário oficial ainda será publicado pelo Governo e é aguardado nos próximos dias.

Leia ainda: Mais detalhes sobre o novo valor do Auxílio Emergencial para quem recebe Bolsa Família

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here