Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mais Lidas

Todo mundo comentando

Prova de vida do INSS pode ser feita pelo celular; saiba detalhes

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

19 de janeiro – Agora em 2020, após o início do processo de digitalização nos requerimentos de aposentadorias, auxílios e pensões da Previdência Social, o presidente do Instituto Nacional de Seguridade Social, Renato Vieira, tem a intenção de efetivar a implementação da prova de vida do INSS por biometria.

Ou seja, a prova seria feita por meio da impressão digital do contribuinte, utilizando o aplicativo de celular Meu INSS.

Leia mais:

INSS solicita a 500 mil segurados entrega de documentos extras para receber benefício; confira.

Previdência Social: a prova de vida do INSS pelo celular

Prova de vida do INSS pode ser feita pelo celular; saiba detalhes
Prova de vida do INSS pode ser feita pelo celular; saiba detalhes

A ideia da prova de vida do INSS pelo celular, segundo o presidente do órgão, é de que o recurso seja disponibilizado ainda neste primeiro semestre de 2020.

Com isso, cerca de 35 milhões de segurados poderão ser beneficiados com a oportunidade de fazer a prova de vida, sem precisar se deslocar até uma agência ligada à entidade.

Leia ainda:

Fila de espera do INSS: força-tarefa tenta reduzir atrasos de concessão dos benefícios.

Um dos objetivos do órgão é que os atendimentos remotos (a distância) sejam capazes de alcançar alguns dos poucos serviços que ainda demandam a presença física do segurado nas agências. Aliás, esse é justamente o caso da prova de vida anual, para a manutenção da aposentadoria e também das pensões por morte.

Início em 2019

Esse projeto da prova de vida pelo celular começou em 2019, de maneira experimental. Agora, portanto, o instituto acredita, conforme citado anteriormente, que o aplicativo para celular responsável por essa atividade fique disponível para todos neste ano de 2020.

Atualmente, a prova de vida é feita na rede bancária, no mês em que o benefício do segurado faz “aniversário”, ou seja, na data a qual se completa mais um ano da concessão do benefício.

O contraponto

Um contraponto à modalidade de tecnologia é que, apesar dela facilitar a atividade (pois dispensa sair de casa), também pode atrapalhar na concessão de benefícios para as pessoas que não estão acostumadas com a tecnologia ou ainda aquelas que estão por fora das novas regras previdenciárias do INSS.

Leia ainda:

Conheça as novas faixas de contribuição ao INSS para 2020.

Vale lembrar igualmente que a prova de vida é fundamental para continuar recebendo o benefício. Quem não a fizer, corre o risco de perder o benefício.

Ajude a fazer o Diário Prime News! Tem dúvidas, críticas ou sugestões de pauta? Fale conosco! Mande email para contato@dpnews.com.br  


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!