Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mais Lidas

Todo mundo comentando

INSS: 7 em cada 10 auxílios-doença são cancelados; saiba mais

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

21 de dezembro – A operação pente fino da Previdência Social tem cancelado cerca de 7 em cada 10 auxílios-doença. Em um período de 20 dias, o “temido” pente fino do INSS cancelou uma série de benefícios dessa modalidade, após um processo de revisão.

Veja ainda:

Pente fino do INSS: o que fazer se tiver o benefício cortado?.

Os cancelamentos de auxílios-doença pelo INSS

inss-pente-fino-corte-auxílio-doença
Pente fino do INSS está cancelando 7 em cada 10 auxílios-doença

É importante mencionar que não foram apenas os auxílios-doença do INSS que foram cancelados. Os cortes também atingiram os segurados que recebiam aposentadoria por invalidez. Contudo, os cortes nesse caso foram menores do que os observados no auxílio-doença.

Saiba mais:

INSS divulga calendário 2020 de pagamento de aposentadorias; confira.

Em termos exatos, a quantidade de benefícios de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez que foram cancelados é a seguinte:

  • Auxílio-doença + aposentadoria por invalidez
    Soma de perícias realizadas: 103,2 mil.
    Contingente total de benefícios cortados: 44,4 mil (43% do total).
  • Auxílio-doença
    Perícias efetuadas: 33,5 mil.
    Benefícios cancelados: 24,9 mil (74%).

Esses números foram obtidos a partir de perícias realizadas entre os dias 1º e 21 de março. Porém, apenas recentemente foram apresentados pela Previdência Social.

A convocação do INSS para a perícia

Na semana passada, a entidade convocou algo em torno de 94 mil pessoas que ganham o auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez.

Os nomes foram devidamente publicados no Diário Oficial da União.

O prazo para agendar a perícia se encerra no dia 13 de abril de 2020. Sendo assim, quem não fizer o agendamento vai ter o pagamento suspenso.

Posteriormente, concretizada a suspensão, o segurado tem um prazo de até 60 dias para marcar a perícia. Caso não procure a Previdência neste prazo, terá o benefício cancelado definitivamente.

Além disso, quem marcar a perícia, porém acabar faltando, também perderá o benefício.

Como descobrir se o beneficiário foi convocado?

É possível fazer a consulta da convocação para a perícia do INSS, por meio do telefone 135.

Saiba mais

:INSS: reforma da Previdência alterou a aposentadoria por invalidez; confira as novas regras.

Ao efetuar a ligação, o beneficiário precisa ter em mãos o número do CPF ou do PIS/Pasep, o número do benefício, documentos pessoais, como por exemplo o RG e material para tomar nota das instruções que serão dadas sobre como proceder nesse processo todo.

Ajude a fazer o Diário Prime News! Tem dúvidas, críticas ou sugestões de pauta? Fale conosco! Mande email para contato@dpnews.com.br  


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!