INSS solicita a 500 mil segurados entrega de documentos extras para receber benefício; confira

0
168
INSS solicita a 500 mil segurados entrega de documentos extras; confira

17 de janeiro – Cerca de 500 mil segurados da Previdência Social – dentre os 2 milhões de benefícios que estão na fila de análise há mais de 45 dias -, foram avisados sobre a necessidade de entrega de documentos, para dar prosseguimento a análise de concessão do benefício.

Segundo o INSS, tais pessoas foram informadas através de carta e e-mail a respeito do que se chama de cumprimento das exigências.

Leia ainda:

Aposentadoria do INSS: descubra como simular o valor a receber.

A convocação do INSS para envio de documentos extras

inss-segurados-fila-documentos
INSS solicita a 500 mil segurados a entrega de documentos extras

Desde o mês de agosto de 2019, o segurado do INSS tem um prazo de 75 dias para encaminhar os documentos requeridos que comprovam o direito. Do contrário, o pedido de concessão do benefício não será analisado e terá de ser efetuado novamente.

Leia ainda:

Caso a mulher receba auxílio-maternidade, o cônjuge segurado no INSS pode receber também?

Ao não entregar os documentos dentro do prazo solicitado, o segurado perde a oportunidade de receber as parcelas atrasadas desde a data inicial.

Ainda que os documentos solicitados pela entidade já estejam anexados no processo, recomenda-se acatar o pedido mesmo assim e, desse modo, enviar a documentação.

A propósito, é fundamental cumprir as exigências do órgão no prazo, para não correr o risco de entenderem que houve desistência na solicitação do benefício. Se for o caso, será necessário entregar toda a documentação novamente.

Onde encontrar os documentos extras solicitados pelo INSS?

Geralmente, de acordo com o órgão, a exigência diz respeito a entrega de documentos cujas informações contidas neles não constam no banco de dados da entidade, como as remunerações recebidas e os vínculos.

Além disso, eventuais falhas no cadastro podem ser descobertas por intermédio de uma consulta ao Cadastro Nacional de Informações (CNIS), que fica disponibilizado no site meu.inss.gov.br.

Para efetuar a correção, é necessário exibir documentos do período do vínculo trabalhista com as empresas nas quais o trabalhador atuou.

Esses documentos podem ser a carteira de trabalho, holerite e ficha de registro de empregados.

Cumprindo as exigências da Previdência

Para cumprir à risca as exigências do INSS, deve-se primeiro levantar a documentação original requerida pelo órgão.

Em seguida, é preciso agendar um dia para ser atendido novamente em uma agência da entidade.

Leia ainda:

Saiba quem são os novos convocados pelo pente fino do INSS para janeiro de 2020.

Para fazer esse agendamento, basta ligar para o número 135, de segunda à sábado, das 7 às 22 horas e pedir por um serviço chamado “cumprimento de exigência”.

Isso pode ser feito também no site do Meu INSS, selecionando a opção “Cumprimento de exigência” no site.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here