Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mais Lidas

Todo mundo comentando

Fila de espera do INSS: força-tarefa tenta reduzir atrasos de concessão dos benefícios

Por lei o segurado não pode esperar mais do que 45 dias para ter sua solicitação de benefício atualizada.

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

13 de janeiro – O Governo Federal prepara uma nova estratégia para tentar diminuir a fila de espera de pedidos por benefícios da Previdência Social. Aliás, não somente isso, mas também para colocar em funcionamento o novo sistema do INSS, contando agora com a incorporação das novas regras aprovadas pela reforma da Previdência.

Leia ainda:

Alguns segurados do INSS podem ter isenção de imposto de renda; saiba detalhes.

Previdência Social: a força-tarefa do INSS para agilizar a concessão dos benefícios na fila de espera

Fila de espera do INSS: força-tarefa tentará reduzir atrasos de concessão dos benefícios
Fila de espera do INSS: força-tarefa tentará reduzir atrasos de concessão dos benefícios

Passados dois meses após a promulgação das novas regras da Previdência, os integrantes do Governo resolveram traçar um plano de ação para acelerar a concessão dos benefícios do INSS e, assim, diminuir a fila de espera.

Leia ainda:

INSS: pedidos de aposentadoria e pensão estão lentos por falta de atualização no sistema da previdência; entenda.

As alternativas que estão sendo analisadas abrangem o remanejamento de servidores que tratam das aposentadorias em outros Ministérios, para auxiliar nessa força-tarefa.

Além disso, vem sendo estudada também a contratação de terceirizados para trabalhar no atendimento ao público nas agências da Previdência.

Com as ações seria possível liberar os funcionários do órgão (INSS), para atuar nas análises dos benefícios.

A demora nas análises de concessão dos benefícios do INSS

Esse tema da fila de espera conquistou o status de urgente, depois do aumento expressivo de reclamações de demora nas análises das solicitações de benefícios.

O assunto foi alvo de discussão em uma reunião da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho.

Segundo informado pela entidade ao Estadão, ainda não há uma previsão de normalização nas análises de solicitação dos benefícios. Todavia, internamente no governo, acredita-se ser inviável enfrentar o problema sem definir prazos mais específicos.

A fila de pedidos de benefícios da Previdência

O INSS herda a fila de pedidos de benefícios de 2018 e também tem de lidar com o atraso do Dataprev, no desenvolvimento de um novo sistema da entidade.

Leia ainda:

INSS: reforma da Previdência altera descontos no salário do trabalhador para 2020; entenda.

Um dos motivos para a urgência em colocar em jogo essa força-tarefa e outras medidas é o fato de que, por lei, o segurado não pode esperar mais do que 45 dias para ter sua solicitação de benefício atualizada.

Atualmente, esse prazo de espera está em 120 dias, muito além do permitido.

Ajude a fazer o Diário Prime News! Tem dúvidas, críticas ou sugestões de pauta? Fale conosco! Mande email para contato@dpnews.com.br  


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!