INSS: 1,8 milhão de pessoas recebem aviso e podem perder o benefício

0
212
inss-1,8mi-benefícios-cortados

09 de dezembro de 2019– O Instituito Nacional do Seguro Social informou recentemente que notificou 1,84 milhão de aposentados e pensionistas sobre o risco de corte nos benefícios. Com efeito, a motivação para o anúncio do potencial corte no benefício do INSS seria a suspeita de fraude.

Saiba mais:Pente fino: 261 mil benefícios do INSS foram cancelados este ano; saiba mais.

Como foi a operação de identificação de suspeita de fraudes nos benefícios do INSS?

inss-aviso-corte-benefício
1,8 milhão de pessoas recebem aviso do INSS sobre possibilidade de corte no benefício

A priori, a identificação dos casos suspeitos de fraude no INSS é fruto da implantação, em abril agora de 2019, de um sistema que averigua de forma automática a folha de pagamentos de 35 milhões de beneficiários da instituição.

Saiba mais:Saiba como entrar com o pedido de aposentadoria do INSS pela Internet.

Aliás, desde o início das varreduras, feitas mês a mês, cresceu vertiginosamente a quantidade de casos com potenciais irregularidades. De fato, o índice de possíveis irregularidades cresceu 1.350%, em comparação com o ano passado.

Ademais, aquelas pessoas que caírem nesse pente fino automático receberão uma notificação através de carta, com um devido aviso de recebimento.

Agora, com a notificação em mãos, o beneficiário terá um prazo de 30 dias para fazer o agendamento. A propósito, isso pode ser feito por telefone, através do número 135 ou por meio do site próprio, para atendimento em uma agência física da Previdência Social.

Como proceder quando chegar o dia agendado do atendimento no posto físico do INSS?

Antes de mais nada, quando chegar na agência física do órgão, o cidadão deve apresentar toda a documentação requerida para corrigir a falha encontrada que resultou na convocação.

Contudo, se a explicação não for satisfatória, o benefício será suspenso. Mas o beneficiário terá ainda mais um prazo de 30 dias para exibir a sua defesa. Somente depois de encerrado esse prazo é que o benefício poderá ser efetivamente cortado.

Resolvendo problemas com o órgão

Frequentemente, os problemas com o INSS são simplesmente devido a erros básicos de cadastro, como erro na digitação do nome ou do número do CPF.

Saiba mais:Aposentados e pensionistas do INSS: quando e quanto receberão de 13º salário? Entenda.

Além disso, outro problema muito comum é o fato do CPF não constar na base de dados da Receita Federal.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here