Servidores podem transferir abono PIS/Pasep para outro banco gratuitamente. Saiba mais

0
44
Servidores podem transferir abono PIS/Pasep para outro banco gratuitamente. Saiba mais

03 de dezembro – Os servidores públicos que recebem em média até dois salários mínimos por mês tem direito a receber o abono PIS/Pasep, no caso denominado apenas como Pasep. O pagamento do benefício é liberado pelo Banco do Brasil (BB). Para facilitar o saque dos funcionários públicos, o BB disponibilizou a opção de fazer uma transferência gratuita para outros bancos. Confira.

Servidores podem transferir abono PIS/Pasep para outro banco gratuitamente. Saiba mais
Servidores podem transferir abono PIS/Pasep para outro banco gratuitamente. Saiba mais

Como transferir o dinheiro do abono para outra conta?

O Banco do Brasil é o responsável pelo pagamento do abono Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público), que, portanto, é destinado aos servidores de instituições públicas.

Quem é correntista do banco recebe o valor automaticamente em sua conta. Para quem não é, o BB possibilita realizar uma transferência eletrônica (TED) gratuita para que o valor seja enviado para outro banco.

Para fazer a TED, o trabalhador deverá acessar o site www.bb.com.br/pasep e solicitar a transferência bancária no valor do abono, de acordo com o calendário de pagamento estabelecido. Também há outra opção: o beneficiário pode fazer o pedido em qualquer caixa eletrônico em agências do Banco do Brasil.

Veja também: Trabalhador pode ter valor do abono PIS/Pasep reduzido; entenda

Relembre o que é o abono do PIS/Pasep

O abono salarial é uma espécie de décimo quarto salário, que é pago ao trabalhador anualmente.

Equivale ao valor máximo de um salário mínimo e pode ser sacado conforme o calendário anual determina. Geralmente, varia conforme o mês de nascimento do trabalhador.

O Pasep é a sigla para Programa de Formação do Patrimônio do Servidor, também criado em 1970. Tem o mesmo objetivo do PIS: integrar o empregado e a empresa em que ele trabalha.

É o número de inscrição social que servidores públicos civis e militares possuem e que dá direito a benefícios como Seguro Desemprego, Abono Salarial, Fundo de Garantia etc.

O número do PIS pode ser encontrado na Carteira de Trabalho, no comprovante de inscrição ou no Cartão do Cidadão.

Quem tem direito a sacar o abono salarial do PIS/Pasep?

O trabalhador que recebeu, em média, até dois salários mínimos por mês, e trabalhou de carteira assinada por, pelo menos, 30 dias em 2018.

Além disso, é necessário que a pessoa esteja inscrita no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos.

Entretanto para verificar se pode fazer o saque, trabalhadores da iniciativa privada podem consultar o site da Caixa. Já para quem é funcionário público, a consulta é pelo site do Banco do Brasil.

Caso haja dúvidas, é possível fazer a consulta das seguintes maneiras:

PIS (trabalhador de empresa privada):

  • Pelo Aplicativo Caixa Trabalhador;
  • ou ainda, pelo site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS), em seguida clique em “Consultar pagamento”.
  • Também é possível pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207

Pasep (servidor público):

Através dos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas) ou ainda pelo 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Leia ainda: PIS/Pasep: quais as categorias de trabalhadores que não têm direito ao abono salarial?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here