Abono PIS/Pasep passou ao valor de R$ 1.045; entenda

0
140
Abono PIS/Pasep será R$ 1.045 a partir deste sábado (1 de fevereiro)
Abono PIS/Pasep passou ao valor de R$ 1.045; entenda

03 de fevereiro – Há alguns dias o presidente Jair Bolsonaro anunciou um novo aumento no salário mínimo do Brasil, que agora é de R$ 1.045,00. O reajuste começou a valer a partir de 1º de fevereiro. A mudança também alterou o valor do abono PIS/Pasep que os trabalhadores vão receber. Veja.

Abono PIS/Pasep será R$ 1.045 a partir de amanhã (1 de fevereiro)
Abono PIS/Pasep passou ao valor de R$ 1.045; entenda

Salário mínimo de R$ 1.045 em 2020

No final do ano passado o Governo tinha anunciado que o salário mínimo passaria a ser R$ 1.039,00 a partir de janeiro de 2020. O valor se baseou na projeção do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) em 2019.

Contudo uma recente pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) concluiu que o INPC ficou em 4,48%, acima do que estava previsto. Desse modo, o primeiro reajuste (de R$ 1.039) ficou abaixo da inflação.

Para evitar perdas inflacionárias para o trabalhador, o Governo então decidiu corrigir o valor do salário mínimo já a partir de fevereiro de 2020.

PIS/Pasep também será reajustado

Com o novo aumento do salário mínimo, o valor do abono salarial do PIS/Pasep também será reajustado.

Isso acontece porque o benefício é calculado com base no salário vigente no ano. Desse modo, desde o último sábado (1) o abono salarial passou a ser no valor de R$ 1.045,00.

Além disso os trabalhadores que ainda não sacaram o seu abono (2019/2020) neste ano poderão receber um pouco mais em 2020, mesmo tendo 2018 como ano base. E quem fizer o saque agora deve retirar o valor corrigido.

Contudo, quem já sacou em 2019 não tem direito ao reajuste pois já recebeu o benefício no valor do salário mínimo vigente na época (R$ 998,00).

Veja também:

PIS/Pasep: microempreendedor pode receber abono salarial? Confira

Valor a ser pago

Com a Lei 13.134/15, o abono salarial do PIS/Pasep passou a ter valor proporcional ao tempo de serviço do trabalhador, no ano-base em questão.

Para ter direito ao benefício do PIS/Pasep, o trabalhador deverá ter trabalhado, portanto, no mínimo 30 dias, com carteira assinada, nesse ano-base. Entretanto, se o período trabalhado for igual ou superior a 15 dias contará como mês integral.

Cada mês trabalhado equivale a uma parte do salário mínimo, ou seja, 1/12.

Valor do abono vai aumentar com o novo salário mínimo. Confira os valores

Novo valor abono PIS/Pasep 2020

Relembre o que é o abono do PIS/Pasep

O abono salarial é uma espécie de décimo quarto salário, que é pago ao trabalhador anualmente.

Equivale ao valor máximo de um salário mínimo e pode ser sacado conforme o calendário anual determina. Geralmente, varia conforme o mês de nascimento do trabalhador.

O Pasep é a sigla para Programa de Formação do Patrimônio do Servidor, também criado em 1970. Tem o mesmo objetivo do PIS: integrar o empregado e a empresa em que ele trabalha.

É o número de inscrição social que servidores públicos civis e militares possuem e que dá direito a benefícios como Seguro Desemprego, Abono Salarial, Fundo de Garantia etc.

Desse modo, o número do PIS pode ser encontrado na Carteira de Trabalho, no comprovante de inscrição ou no Cartão do Cidadão.

Leia ainda:

Servidores podem transferir abono PIS/Pasep para outro banco gratuitamente. Saiba mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here