Minha mãe recebeu 1.200, eu posso receber 600 reais do auxílio emergencial? Entenda

0
125
Minha mãe recebeu 1.200, eu posso receber 600 reais do auxílio emergencial? Saiba mais
Minha mãe recebeu 1.200, eu posso receber 600 reais do auxílio emergencial? Saiba mais

Diversas categorias de trabalhadores podem receber o auxílio emergencial. Incluindo, também, os beneficiários do Bolsa Família e as mães chefes de família; ou seja, mulheres solteiras que sustentam a casa sozinhas. Essa última categoria (mães solo), aliás, tem direito a 1.200 reais, enquanto as outras têm direito a somente uma cota do auxílio emergencial; em outras palavras, 600 reais. Mas e se minha mãe recebeu 1.200, eu posso receber 600 reais?  Tal dúvida ainda tem assolado muita gente.

Vale reforçar que a ajuda emergencial foi pensada como forma de enfrentamento para as camadas mais prejudicadas economicamente, mediante a crise impulsionada pelo novo coronavírus.

Minha mãe recebeu 1.200, eu posso receber 600 reais do auxílio emergencial? Saiba mais
Minha mãe recebeu 1.200, eu posso receber 600 reais do auxílio emergencial? Saiba mais

Veja também:

Entenda melhor sobre a seguinte situação: minha mãe recebeu 1.200, eu posso receber 600 reais?

Pensado para auxiliar pessoas de baixa renda e trabalhadores informais, cuja renda está sendo prejudicada pela Covid-19, o auxílio emergencial vem sendo pago em cotas de 600 e 1.200 reais.

Dessa maneira, as cotas de 600 reais são destinadas aos trabalhadores informais e demais categorias, exceto as mães solteiras, que recebem automaticamente 1.200 reais, conforme apontado de início.

No entanto, cada família tem direito a até duas cotas do auxílio emergencial, desde que os seus integrantes cumpram os requisitos para participação.

Além disso, na família em que surja a seguinte questão: minha mãe recebeu 1.200, eu posso receber 600 reais? Duas opções são possíveis:

  • Pode receber – desde que seja trabalhador (a) informal e atenda aos critérios do auxílio;
  • Não pode receber – caso não se encaixe no perfil de quem tem direito.

Portanto, a família pode receber 1.200 reais (mãe solteira) e mais 600 reais (integrante que atenda aos critérios), pois os valores são referentes a duas cotas, como estabelece o regulamento.

Veja ainda:

Critérios para receber o auxílio emergencial

O governo tem pagado (e ainda vai pagar) o auxílio emergencial para quem cumpre os seguintes requisitos:

  • Ter mais de 18 anos;
  • Não ter emprego formal;
  • Não receber benefícios de aposentadoria ou assistencialismo (como o Seguro Defeso e o Seguro-Desemprego) nem participar de programas de transferência de renda, exceto o Bolsa Família;
  • Ter renda familiar per capita de até meio salário mínimo (R$ 522,50);
  • Renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135,00);
  • Não ter recebido lucros tributáveis acima de R$ 28,559,70 em 2018.

Além disso, o interessado em receber o benefício deve ser, portanto, microempreendedor Individual (MEI), contribuinte do RGPS ou trabalhador informal de baixa renda, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico.

Leia também:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here