Saque imediato do FGTS: pela primeira vez pagamento será numa quarta-feira

0
39
Saque imediato do FGTS: pela primeira vez pagamento será numa quarta-feira

16 de dezembro – Desde que o saque imediato do FGTS foi criado, através da Medida Provisória 889/2019, a liberação do pagamento estava acontecendo sempre às sextas-feiras. Neste mês de dezembro, contudo, o dinheiro ficará disponível a partir do dia 18, uma quarta-feira.

Este será o último lote do saque imediato e vai beneficiar os trabalhadores nascidos nos meses de novembro e dezembro. Vale ressaltar que a partir dessa data já será possível sacar até o novo limite de R$ 998, que foi aprovado recentemente. Confira os detalhes abaixo.

Saque imediato do FGTS: pela primeira vez pagamento será numa quarta-feira
Saque imediato do FGTS: pela primeira vez pagamento será numa quarta-feira

Como funciona o saque imediato das contas ativas e inativas do FGTS

Para entender melhor, a Medida Provisória 889/2019 dispõe sobre as novas modalidades de saque do FGTS, como saque imediato e saque aniversário. A MP já está em vigor desde julho deste ano.

Para quem tem conta poupança na Caixa, os saques começaram no dia 13 de setembro; para quem não é cliente do banco, os saques começaram a partir de 18 de outubro. Além disso, como destacado, será possível sacar até 31 de março de 2020.

O calendário de saques do FGTS foi organizado de acordo com o mês de aniversário do trabalhador. Será permitido, portanto, sacar de todas as contas que tenha no FGTS, ativas ou inativas.

As contas ativas dizem respeito ao emprego atual, ou seja, é a conta que está atualmente aberta pela empresa em que a pessoa está trabalhando.

Já as contas inativas são aquelas que foram abertas em empresas que a pessoa já trabalhou anteriormente.

Novo limite de saque chega a R$ 998

A princípio, o limite de saque para cada conta do FGTS era de R$ 500. Mas, uma alteração na MP permitiu que o valor máximo chegue a R$ 998.

Não há limite do número de contas para os saques. Por exemplo, se o trabalhador tiver três contas entre ativas e inativas ele pode sacar até R$ 2.994 – R$ 998 de cada conta.

Contudo, se tiver R$ 300 na conta, por exemplo, poderá retirar o valor total. Mas o trabalhador só poderá fazer um único saque de cada conta.

No entanto, a alteração na MP só vai beneficiar as pessoas que tinham saldo de até um salário mínimo no dia 24 de julho de 2019, como já informado antes.

Veja alguns exemplos

  1. Se um trabalhador tinha R$ 998 depositado na conta do FGTS e sacou R$ 500, ele poderá agora sacar a diferença, ou seja, R$ 498,00.
  2. Em outra situação, se o trabalhador tivesse R$ 700 de saldo depositado no FGTS e tivesse sacado o limite permitido, antes da alteração na medida da provisória, que era de R$ 500, ele agora poderia sacar o restante, ou seja, R$ 200.
  3. Caso o trabalhador tenha mais de uma conta, poderá sacar o valor até completar os R$ 998,00 de cada uma delas.

É importante ressaltar que o saque complementar dos R$ 498, assim como o dos R$ 500, só ficará disponível para saque até 31 de março de 2020.

O objetivo da mudança é reaquecer o consumo e a economia do Brasil. Dessa maneira, o governo estima que os saques devem injetar cerca de R$ 3 bilhões na economia do país. Enquanto os saques totais (para aqueles que retiraram até R$ 500) do FGTS resultarão em R$ 42 bilhões.

Vale lembrar, ainda, que o cidadão continuará a ter direito à retirada integral do valor do FGTS, em caso de demissão sem justa causa e mais a multa de 40% sobre o valor total depositado.

Veja ainda: FGTS: quem pode sacar o novo valor aprovado pelo Senado? Confira

Onde é possível sacar o dinheiro do FGTS?

Todos os trabalhadores, inclusive os que não possuem conta na Caixa, podem retirar o valor de suas contas ativas e inativas do FGTS nas unidades lotéricas, nos correspondentes Caixa Aqui, nos caixas eletrônicos e agências do banco. Veja em quais situações:

Saque de até R$ 100,00 por conta:

Nas unidades lotéricas, utilizando o CPF e o documento de identificação.

Saque de até R$ 500,00 por conta:

  • Nas Unidades Lotéricas ou correspondentes CAIXA AQUI, utilizando o Documento de Identificação, Cartão do Cidadão com senha.
  • Nos Terminais de Autoatendimento utilizando o CPF e a senha Cidadão.

Cartão Cidadão

Quem possuir o Cartão Cidadão poderá sacar qualquer valor em qualquer canal de atendimento da Caixa, incluindo lotéricas, correspondentes Caixa Aqui, caixas eletrônicos e agências da Caixa.

Em contrapartida, para quem não tem Cartão do Cidadão e senha, a situação é a seguinte:

  • Poderá sacar até R$ 100 nas lotéricas, apresentando número do CPF e documento com foto (será feita a coleta da impressão digital);
  • Para receber acima de R$ 100, precisará ir a uma agência da Caixa.

Calendário de saques do FGTS

Quem não possui conta na Caixa Econômica, contudo, demora um pouquinho mais para receber o dinheiro. Confira o cronograma:

FGTS: Saiba como fazer o saque inativo. Créditos: Reprodução/Caixa Econômica Federal
Crédito: Reprodução / Caixa Econômica Federal

Veja também: FGTS: Caixa amplia horário de atendimento das agências para saque complementar de R$ 498

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here