Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Saque imediato do FGTS: 31 milhões de brasileiros ainda não sacaram o benefício


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

24 de janeiro – O Governo Federal liberou em 2019 a possibilidade dos cidadãos brasileiros realizarem o saque parcial dos valores depositados na conta do fundo de garantia por tempo de serviço . O saque imediato do FGTS foi uma forma encontrada para fomentar a economia brasileira.

Dentre as regras para este saque estão o limite de valores que podem ser sacados. Além disso também foram estipulados prazos. Confira a seguir como realizar a movimentação da verba e outros detalhes importantes.

Saque imediato do FGTS: 31 milhões de brasileiros ainda não sacaram o benefício
Saque imediato do FGTS: 31 milhões de brasileiros ainda não sacaram o benefício

Veja também: FGTS: saiba quando é possível fazer o saque integral do fundo de garantia

O que é o saque imediato do FGTS e como funciona

A opção de realizar o saque imediato do FGTS cabe aos trabalhadores que em 24 de julho de 2019 possuíam valores em suas contas vinculadas.

A possibilidade de resgate ou movimentação destes valores é limitado até 31 de março de 2020. Contudo cerca de 31 milhões de brasileiros que possuem o direito ao saque ainda não o fizeram.

Indica-se que o resgate dos valores não seja deixado para última hora sob o risco de panes no sistema devidos à grande demanda. Além disso há o risco de filas gigantescas.

Limite para o saque

O benefício criado pelo governo federal possui um limite aplicável de acordo com o montante existente na conta vinculada ao fundo de garantia. Para os trabalhadores que possuem mais de uma conta para fins de FGTS este limite é aplicado para cada uma das contas.

São os limites:

  • Para até R$ 500,00 depositados: saque integral;
  • Depósitos de até R$ 998,00: saque do valor integral;
  • Em caso de valores depositados superiores a R$ 998,00 o saque poderá ser de até R$ 500,00;

Como realizar o saque

Ao trabalhador é dada a possibilidade de realizar o saque da parcela por meio de autoatendimento em caixas eletrônicos ou ainda em lotéricas e atendimento na CEF.

Entretanto os valores podem ser limitados de acordo com o local de saque. Por exemplo em lotéricas o indivíduo que não tiver o cartão cidadão estará restrito ao saque de R$ 100,00. Contudo o valor restante poderá ser sacado posteriormente.

Para saques em caixas eletrônicos ou agências da CEF o cidadão deverá estar em posse do cartão cidadão com senha.

Saque imediato do FGTS: 31 milhões de brasileiros ainda não sacaram o benefício
Saque imediato do FGTS: 31 milhões de brasileiros ainda não sacaram o benefício

FGTS: o que é e como funciona

FGTS é a sigla para fundo de garantia por tempo de serviço. Recolhida pelos empregadores na proporção de 8% do salário do empregado ao mês, a verba é depositada em conta vinculada cuja movimentação depende de situações específicas.

Quem tem direito à parcela

O FGTS é um direito garantido a todos os trabalhadores que trabalham com vínculo empregatício. Neste caso trabalhadores liberais e autônomos que não possuem vínculo de emprego não têm o direito à parcela.

Continue lendo: FGTS: tire suas dúvidas sobre o saque complementar de até R$ 498 do fundo

Ajude a fazer o Diário Prime News! Tem dúvidas, críticas ou sugestões de pauta? Fale conosco! Mande email para contato@dpnews.com.br  


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!