Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.
..

..

FGTS Digital: Governo começa a implantar nova ferramenta de fiscalização que favorece o trabalhador

Com novo sistema será mais fácil acompanhar se o empregador está depositando o benefício, além de permitir ao trabalhador a consulta do extrato; confira.


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O Governo Federal começou a implantar uma nova ferramenta de fiscalização de recolhimento do FGTS. O sistema chamado FGTS Digital facilitará a auditoria fiscal realizada pelo Ministério da Economia. Para implementar a novidade, o Conselho Curador do Fundo já aprovou um orçamento de R$10 milhões.

FGTS Digital: Governo começa a implantar nova ferramenta de fiscalização
FGTS Digital: Governo começa a implantar nova ferramenta de fiscalização

O que mudará com o novo sistema do FGTS?

O FGTS Digital deve entrar em operação no próximo ano. O sistema busca melhorar a qualidade dos serviços, combater a evasão, reduzir perdas e aumentas ganhos do Fundo. Além disso, ele será focado na desburocratização, transparência e integração de informações.

Por ser online, a nova plataforma deve permitir o acompanhamento virtual das contribuições realizadas pelas empresas. Ou seja, será mais fácil detectar quando um empregador deixar de depositar o benefício do trabalhador.

A fiscalização terá acesso a todas as informações da folha de pagamento, base de cálculo da obrigação de recolhimento do FGTS e da contribuição social. Assim, a verificação será mais efetiva e será possível notificar rapidamente as empresas que descumprirem a lei.

Leia ainda: FGTS: Qual a diferença entre saque imediato e saque aniversário? Entenda tudo

Guia de recolhimento personalizada

O FGTS Digital permitirá a personalização de guias de recolhimento. Assim, elas serão produzidas individualmente com a identificação do quanto é devido para cada trabalhador.

A expectativa é com a nova plataforma cerca de R$16 bilhões de inadimplência sejam adicionados à arrecadação do fundo.

Além disso, os empregadores também contarão com outras funcionalidades bastante úteis. Um exemplo são os serviços de caixa postal, possibilidade de fazer o parcelamento eletrônico de débitos, solicitar restituições, compensações e emitir guias de pagamento do Fundo.

Trabalhadores poderão verificar extratos

O novo sistema também vai beneficiar os empregados. Eles poderão verificar os extratos dos depósitos realizados em suas contas vinculadas através da Carteira de Trabalho Digital. Ela será uma aplicação integrada à plataforma.

Com isso, também será possível verificar os valores devidos e ter acesso à base de cálculo das contribuições ao FGTS.

Para relembrar: o que é o FGTS?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foi criado com o objetivo de proteger o trabalhador demitido sem justa causa, mediante a abertura de uma conta vinculada ao contrato de trabalho.

Assim, no início de cada mês, os empregadores depositam em contas abertas na Caixa, em nome dos empregados, o valor correspondente a 8% do salário de cada funcionário.

Portanto, o Fundo de Garantia é constituído pelo total desses depósitos mensais e os valores pertencem aos empregados.

Leia também: FGTS: como consultar o saldo e controlar a conta vinculada na Caixa? Conheça as opções

Ajude a fazer o Diário Prime News! Tem dúvidas, críticas ou sugestões de pauta? Fale conosco! Mande email para contato@dpnews.com.br  


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!