FGTS: até quando é possível fazer o saque imediato? Veja prazo

0
57
FGTS: até quando é possível fazer o saque imediato? Veja prazo

07 de dezembro – Uma das novas formas de movimentação dos recursos do FGTS é o saque imediato. Contudo, a modalidade não ficará disponível durante muito tempo e não será realizada anualmente. Ou seja, quem quiser retirar até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do fundo de garantia deve ficar atento aos prazos para sacar. Confira abaixo.

Leia ainda:É possível fazer o saque total do FGTS ao optar pelo saque aniversário?

FGTS: até quando é possível fazer o saque imediato? Veja prazo
FGTS: até quando é possível fazer o saque imediato? Veja prazo

Como funciona o saque imediato das contas ativas e inativas do FGTS e até quando é possível sacar

Para quem tem conta poupança na Caixa, os saques começaram no dia 13 de setembro; para quem não é cliente do banco, os saques iniciaram em 18 de outubro.

Mas, fique atento, pois será possível sacar até 31 de março de 2020.

O calendário de saques do FGTS foi organizado de acordo com o mês de aniversário do trabalhador. Será permitido, portanto, sacar de todas as contas que tenha no FGTS, ativas ou inativas.

As contas ativas dizem respeito ao emprego atual, ou seja, é a conta que está atualmente aberta pela empresa em que a pessoa está trabalhando.

Já as contas inativas são aquelas que foram abertas em empresas que a pessoa já trabalhou anteriormente.

Limite de saque

Não há limite do número de contas para os saques. Por exemplo, se o trabalhador tiver três contas entre ativas e inativas ele pode sacar até R$ 1.500 – R$ 500 de cada conta.

Contudo, se tiver R$ 300 na conta, por exemplo, poderá retirar o valor total. Mas o trabalhador só poderá fazer um único saque de cada conta.

Vale lembrar, ainda, que o cidadão continuará a ter direito à retirada integral do valor do FGTS, em caso de demissão sem justa causa e mais a multa de 40% sobre o valor total depositado.

Saque de até R$ 998,00

O Senado Federal aprovou uma Medida Provisória 889/2019 alterando o valor para R$ 998. Entretanto, a mudança atinge apenas algumas pessoas.

A alteração foi direcionada especificamente para aquelas pessoas que tinham o valor máximo de R$ 998 em seu saldo do FGTS até o dia 24 de julho de 2019, data em que a MP foi aprovada pelos senadores.

Portanto, somente tais pessoas poderão realizar um novo saque, caso já tenham retirado o primeiro valor, ou retirar o valor total de até um salário mínimo. Lembrando: os saques servem para contas ativas e inativas.

Leia também: Saque imediato do FGTS: não pretende retirar o dinheiro? Saiba como proceder

Como o dinheiro do FGTS é disponibilizado?

Saque de até R$ 100,00 por conta:

Nas unidades lotéricas, utilizando o CPF e o documento de identificação.

Saque de até R$ 500,00 por conta:

  • Nas Unidades Lotéricas ou correspondentes CAIXA AQUI, utilizando o Documento de Identificação, Cartão do Cidadão com senha.
  • Nos Terminais de Autoatendimento utilizando o CPF e a senha Cidadão.

Cartão Cidadão

Quem possuir o Cartão Cidadão poderá sacar qualquer valor em qualquer canal de atendimento da Caixa, incluindo lotéricas, correspondentes Caixa Aqui, caixas eletrônicos e agências da Caixa.

Em contrapartida, para quem não tem Cartão do Cidadão e senha, a situação é a seguinte:

  • Poderá sacar até R$ 100 nas lotéricas, apresentando número do CPF e documento com foto (será feita a coleta da impressão digital);
  • Para receber acima de R$ 100, precisará ir a uma agência da Caixa.

Confira o calendário de saques do FGTS 2019

Novo calendário saque imediato FGTS
Fonte: Caixa Econômica

Continue lendo: Quer receber as informações do FGTS na Caixa pelo celular? Saiba como

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here