Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Empréstimo entre pessoas e empresas pode ter juros mais baixos e menos burocracia; saiba detalhes


Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

23 de dezembro – A forma de empréstimo P2P segue em expansão. Com isso já não é mais necessário contar apenas com as operações dos bancos tradicionais, para se conseguir um aporte financeiro para pequenas e médias empresas, além de conseguir crédito com condições diferenciadas.

Essa modalidade de empréstimo é feita entre pessoas e empresas. Ou seja, quem empresta é um tipo de investidor e para que todo o processo seja legal, dentro da regulamentação do Banco Central, essa operação é conduzida por uma empresa financeira, que faz toda a intermediação.

A Ulend é uma dessas instituições que funciona como plataforma digital fazendo a ponte entre investidores e empresas com faturamento anual superior a R$ 500 mil reais e abertas a pelo menos 2 anos.

Leia mais:

Empréstimo: Ulend foca em nova construção econômica
Empréstimo: Ulend foca em nova construção econômica

Como funciona a operação de empréstimo com a Ulend

As empresas interessadas no empréstimo entram em contato com a Ulend, através do site da empresa: www.ulend.com.br e preenchem uma proposta que segue os seguintes passos:

  • Análise de crédito, que se for aprovada é disponibilizada aos investidores cadastrados na plataforma;
  • Os investidores podem escolher em quais propostas vão ou não investir e decidir o valor, desde que respeite o mínimo de R$ 2.000 (dois mil).
  • As empresas recebem o dinheiro aportado em suas contas e os boletos para pagar. Já os investidores recebem pagamentos mensais, que são os retornos do investimento.

Além disso, a proposta de condições de empréstimo é enviada em dois dias úteis. Caso a empresa concorde, assina um contrato digital e, assim, o pedido é colocado na plataforma para os investidores.

O tomador do empréstimo paga os boletos mensais referentes às parcelas do financiamento.

Quais as condições oferecidas para investidores e tomadores do empréstimo

Para quem quer pegar um empréstimo, os juros partem de 1,3% ao mês e podem ser bem mais ágeis; isso é, menos burocráticos que as operações tradicionais de crédito.

Para quem quiser se tornar um investidor, de acordo com a Ulend, os retornos podem ser superiores a investimentos na poupança, CDB e Tesouro, com retornos mensais médios de 2,07% ou 28% ao ano.

Investidores podem ser pessoas físicas ou jurídicas

Quem decidir se tornar um investidor pode fazer um cadastro na Ulend onde serão exigidos documentos como identidade e comprovante de residência.

Em seguida, após cadastro, ele já pode ter acesso as propostas apresentadas e pré aprovadas pela Ulend, analisar e decidir se quer investir.

Há uma parceira da Ulend, a Paraty Financeira, que emite o título de dívida preestabelecido no contrato. Uma via fica com a empresa (tomador do empréstimo) e a outra com o investidor.

Leia ainda:

Ajude a fazer o Diário Prime News! Tem dúvidas, críticas ou sugestões de pauta? Fale conosco! Mande email para contato@dpnews.com.br  


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!