Empréstimo pessoal para reorganizar a vida? Veja como usar o dinheiro de forma inteligente

0
16
Pegar um empréstimo ficou mais fácil? Crédito para pessoa física está crescendo e o juros caindo
Pegar um empréstimo ficou mais fácil? Crédito para pessoa física está crescendo e o juros caindo

Muita gente quer pegar um empréstimo pessoal para pagar dívidas e reorganizar a vida financeira. No entanto, é sempre bom, antes de solicitar o crédito, saber como dar bom uso ao dinheiro para, de fato, ajudar ao invés de piorar as coisas. Entenda mais.

Precisa de um empréstimo? Confira 5 passos para seguir antes de solicitar o crédito
Precisa de um empréstimo? Confira 5 passos para seguir antes de solicitar o crédito

Como usar de forma inteligente o empréstimo pessoal

Antes de pedir um empréstimo pessoal, é necessário traçar um planejamento para  o bom uso do dinheiro, além de pesquisar as melhores opções.

Estratégias para reorganização financeira:

  • Pegar um empréstimo para quitar uma dívida mais cara

O cliente pode substituir a dívida do cartão de crédito ou do cheque especial, pela dívida de um empréstimo pessoal. Afinal, enquanto os juros do cartão de crédito ficam em torno de 10%, o empréstimo pessoal cobra juros que variam de 5% a 7%.

Ou seja, fazendo assim, o cliente poderá pagar juros menores e reorganizar a vida financeira. Essa é uma das melhores estratégias de reorganização financeira.

Veja também: Bradesco disponibiliza negociação de dívidas no SPC/Serasa pela Internet

  • Centralizar as dívidas em uma única operação

Quando se tem dívidas em muitos lugares diferentes é possível que o consumidor perca vencimentos, prazos e acabe com as contas atrasadas.

Além disso, ter muitas dívidas espalhadas é um passo para o descontrole.

Neste sentido, utilizar o empréstimo pessoal para quitar todas as dívidas e centralizar em uma única operação pode ser uma ótima estratégia.

Afinal, dessa forma, o consumidor terá apenas uma data de vencimento, uma parcela e assim, poderá se organizar melhor.

  • Analise bem o valor que você vai precisar, antes de solicitar o empréstimo

Pode parecer tentador pegar todo o limite disponibilizado pelo banco ou por uma financeira. No entanto, é preciso cautela já que todo o valor terá que ser devolvido com juros.

Assim, o ideal é cortar o máximo de custos e economizar bastante antes de solicitar o crédito.

Fazer uma análise real da sua capacidade de pagamento é fundamental, portanto, não adianta pegar um empréstimo numa condição que esteja além das suas condições.

Uma dica é, antes de solicitar o dinheiro, fazer um levantamento completo das despesas e receitas para ver com clareza o quanto vai ter disponível no final do mês para pagar a parcela do empréstimo.

Pesquise, antes de escolher onde fazer o empréstimo

Antes de contratar um empréstimo pessoal é preciso pesquisar. Existem muitas opções no mercado e, certamente, algumas delas serão mais vantajosas que outras.

No entanto, vale lembrar que nem sempre o juros mais baixo é vantajoso. Isso porquê, em muitos casos, os custos com outras taxas superam o valor total do que possui um juros maior.

Ou seja, é preciso considerar o custo total do empréstimo, o CET (como taxa de contratação, imposto e os juros). Somente assim, o cliente consegue se certificar de que realmente está fazendo um bom negócio.

Saiba se você pode pegar um empréstimo pessoal

Os empréstimos pessoais têm lá suas vantagens:

  • não exigem garantia real;
  • tem rápida aprovação;
  • não precisam de muita burocracia, muitas operações são 100% online.

No entanto, não são liberados com tanta facilidade em alguns casos. Afinal, bancos e financeiras avaliam o score do cliente, que é a nota que ele possui no Serasa. Quanto mais alto for, maiores serão as chances de conseguir o empréstimo pessoal.

Afinal, isso significa que o cliente é um bom pagador e que os riscos de inadimplência são pequenos.

Além disso, para solicitar um empréstimo pessoal, é necessário que o cliente resida no Brasil, seja maior de 18 anos e apresente documentos como RG, CPF, comprovante de residência e renda.

Leia mais: Limpar o CPF no SPC e Serasa? Descubra quando o empréstimo vale a pena

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here