Cidadão ou membros da família já receberam o auxílio emergencial? Entenda os pagamentos

0
444
Membros da família já receberam o auxílio emergencial: veja quem ainda pode receber
Membros da família já receberam o auxílio emergencial: veja quem ainda pode receber

Cidadão ou membros da família já receberam o auxílio emergencial? A primeira parcela do recurso começou a ser paga aos trabalhadores informais no último dia 9 de abril. Desde então, todas as categorias que atendem aos critérios de participação vêm sendo beneficiadas com a ajuda financeira. Nesse sentido, é possível que alguns membros da família já tenham recebido o auxílio emergencial, mas outros beneficiários aguardem datas de pagamento do calendário específico; confira, pois, quem ainda pode receber.

Cidadão ou membros da família já receberam o auxílio emergencial
Cidadão ou membros da família já receberam o auxílio emergencial

Veja também:

Cidadão ou membros da família já receberam o auxílio emergencial?

As categorias contempladas pelo auxílio emergencial vão receber três parcelas de 600 reais ou 1.200 reais durante três meses, cujo pico da Covid-19 será maior, segundo projeções dos órgãos de saúde do país.

A primeira delas já foi paga para boa parte dos beneficiários e segue com calendários específicos para cada grupo, pois os bancos tentam evitar aglomerações.

Dessa forma, o auxílio é destinado para até dois membros da família, desde que cumpram os critérios de participação; assim a família pode receber 1.200 reais.

Para mães solteiras, o valor do auxílio é também de 1.200 reais.

Caso haja na família somente um trabalhador informal, o auxílio é no valor de 600 reais. De forma semelhante acontece com os beneficiários do Bolsa Família, que têm direito a uma cota da ajuda emergencial; ou seja, 600 reais.

O valor por família não pode ultrapassar duas cotas, pois de acordo com a configuração familiar, os membros que cumprem os requisitos, têm direito à ajuda financeira.

Portanto, se os membros da família já receberam o auxílio emergencial, eles também receberão as outras duas parcelas, nas datas específicas.

Leia ainda:

Calendário do auxílio emergencial

Para os beneficiários do Bolsa Família que tiveram o benefício suspenso pelo auxílio emergencial, as datas para o pagamento dos 600 reais acontece de acordo com o calendário do programa; ou seja, pela numeração final do NIS.

Já para quem está inscrito no CadÚnico, mas não recebe Bolsa Família e para quem teve que se cadastrar pelos aplicativos e pelo site da Caixa, as datas para a segunda parcela do auxílio ainda serão divulgadas pelo Ministério da Cidadania, mas já estão definidas as datas para a terceira parcela; veja:

  • 26 de maio – nascidos de janeiro a março;
  • 27 de maio – nascidos de abril a junho;
  • 28 de maio – nascidos de julho a setembro;
  • 29 de maio – nascidos de outubro a dezembro.

Os trabalhadores que não possuíam conta bancária estão recebendo desde o dia 27 de abril e os demais receberão (a primeira parcela) através das contas digitais da seguinte forma:

  • 2 de maio – nascidos em setembro e outubro;
  • 5 de maio – nascidos em novembro e dezembro.

Portanto, deve-se atentar para as datas.

Leia também:

Veja ainda:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here