Meu Bolsa Família foi cancelado, posso receber auxílio emergencial? Veja

0
36
Meu Bolsa Família foi cancelado posso receber auxílio emergencial? Saiba
Meu Bolsa Família foi cancelado posso receber auxílio emergencial? Saiba

Bolsa Família – Os beneficiários do programa Bolsa Família, cujo valor é menor que o do auxílio emergencial (600 reais) recebem automaticamente a ajuda mais vantajosa por três meses, em razão da crise pela Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus). Dessa forma, a primeira parcela será finalizada no final do mês de abril (dia 30) e o pagamento seguirá até junho. No entanto, se meu Bolsa Família foi cancelado posso receber auxílio emergencial? Este é o questionamento feito por muitas pessoas; saiba então, como proceder.

Assista o vídeo:

Meu Bolsa Família foi cancelado posso receber auxílio emergencial? Saiba
Meu Bolsa Família foi cancelado posso receber auxílio emergencial? Saiba

Veja também:

Se meu Bolsa Família foi cancelado posso receber auxílio emergencial? Saiba agora

Além de se encaixar nas categorias de trabalhador informal de baixa renda, desempregado, Micro Empreendedor Individual (MEI) ou trabalhador autônomo, todas as pessoas devem atender ao perfil de renda determinado.

Isso significa que só terão acesso ao auxílio emergencial as pessoas que cumprem a renda exigida; ou seja, renda mensal por pessoa de até R$ 522,50 e/ou renda mensal total de até R$ 3,135,00.

Portanto, mesmo quem teve o Bolsa Família cancelado ou bloqueado, pode receber a ajuda emergencial de 600 reais, desde que esteja dentro das especificações de renda.

Nestes casos, os ex beneficiários do Bolsa têm direito, pois ainda continuam no CadÚnico.

Portanto, quem está no CadÚnico e cumpre o regulamento do auxílio, não precisa realizar cadastro pelos aplicativos, mas pode procurar orientações e tirar dúvidas através do número 111, da Caixa Econômica Federal ou no site do Ministério da Cidadania.

Contudo, nem todas as pessoas que estão no CadÚnico têm direito ao auxílio, pois existem critérios de profissão e de renda que não são contemplados.

Quem tiver contas no Banco do Brasil ou na Caixa receberão por meio delas; já para quem não tiver conta, receberá através de contas digitais feitas pela Caixa.

Veja ainda:

Por onde acompanhar o auxílio emergencial

O único meio para acompanhar a solicitação do auxílio emergencial para quem não tem conta bancária, é através do aplicativo Caixa Tem, disponível para os sistemas Android e iOS.

Contudo, devido ao grande número de acesso, o aplicativo não está funcionando corretamente.

Dessa forma, o perfil oficial da Caixa no Twitter informou que o aplicativo:

“Pode apresentar intermitência momentânea devido ao alto volume de acessos”. 

Desse modo, o recomendado é que os usuários continuem tentando.

O saque da conta digital estará disponível a partir desta segunda-feira, dia 27.

Assim, através da Caixa, o auxílio emergencial poderá ser sacado nas seguintes datas:

  • 27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro;
  • 28 de abril – nascidos em março e abril;
  • 29 de abril – nascidos em maio e junho;
  • 30 de abril – nascidos julho e agosto;
  • 04 de maio – nascidos em setembro e outubro;
  • 05 de maio – nascidos em novembro e dezembro.

As datas de saque foram assim divididas com o objetivo de evitar aglomerações.

Leia também:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here