Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mais Lidas

Todo mundo comentando

Governo quer aumentar o Bolsa Família e ainda conceder bônus; entenda

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

14 de janeiro – O Governo Federal está com pretensão de reformular o Bolsa Família. Atualmente, a expectativa é aumentar a renda de milhões de pessoas que estão recebendo o benefício.

Em entrevista ao Estadão, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, disse que as faixas de enquadramento financeiro serão reajustadas.

A expectativa é que os novos valores fiquem entre R$ 100 e R$ 200. Assim, o Governo Federal espera que que o valor do benefício aumente para as famílias que estão em situação de miséria e por isso ele garante uma abrangência maior. Entretanto, as despesas com a mudança devem chegar a R$ 7 bilhões.

A linha de corte usada para ter o direito de receber os valores oferecidos é a situação financeira da família.

O Bolsa Família garante auxílio para aproximadamente 14 milhões de famílias que vivem na vulnerabilidade social, ou seja, em situação de pobreza extrema, com renda per capita de até R$ 89 mensais, e de pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais por membro. O benefício médio pago a cada família é de R$ 189,21.

Outras mudanças para melhorar a vida dos beneficiários, são previstas. Saiba mais.

Lei ainda:Inscritos no Bolsa Família podem ganhar auxílio para compra de material escolar. Veja como funciona

Bolsa Família: objetivo é aumentar o benefício e bônus
Governo quer aumentar o Bolsa Família e ainda conceder bônus; entenda

Outras mudanças no programa Bolsa Família

Além da mudança com os valores, o governo pretende criar uma espécie de bônus para famílias que participam do Bolsa Família e que tenham filhos que estejam mantendo um bom desempenho escolar. Contudo, estes devem ter passado de ano com notas acima de sete.

Os grupos familiares com pessoas que estão matriculadas em cursos profissionalizantes também poderão receber o bônus do benefício, que serão dados ao final de cada ano.

Ainda em entrevista ao Estadão, Osmar Terra, revelou que o Ministério da Cidadania já está em processo de negociação com empresas para ofertar cursos gratuitos, pois de acordo com Osmar, o país conta com 4,6 milhões de jovens entre 18 a 29 anos que não estudam, nem trabalham.“Temos que reduzir esse contingente”, enfatizou.

Além disso, famílias com filhos pequenos também receberão mais. Hoje, o programa garante valor extra para mães com filhos recém-nascidos que tem de zero até seis meses de idade. O objetivo é ampliar esse valor.

Verba para bancar a expansão

Em 2019, foram poupados 1,4 bilhão. Esse valor foi arrecadado com um programa de combate a fraudes no pagamento do Bolsa Família. No entanto, outra alternativa para obter recursos é realizar um pente-fino no Benefício de Prestação Continuada (BPC). Esse benefício é pago a idosos e pessoas com deficiência e que são baixa renda.

Leia ainda: Já ouviu falar em empréstimo P2P? Modalidade deve crescer e se popularizar

Ajude a fazer o Diário Prime News! Tem dúvidas, críticas ou sugestões de pauta? Fale conosco! Mande email para contato@dpnews.com.br  


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!