Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mais Lidas

Todo mundo comentando

Como surgiu o programa Bolsa Família e a quem ele beneficia realmente

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

27 de janeiro – Atualmente muitas famílias brasileiras participam do programa Bolsa Família. Elas são beneficiadas com uma renda mensal repassada pelo Governo Federal com o objetivo de que tenham acesso aos serviços públicos, como saúde e educação.

O benefício também visa garantir a diminuição da desigualdade e a erradicação da fome. No entanto, poucas pessoas sabem como o programa surgiu e a quem de fato beneficia, e é sobre isso que trataremos na sequência.

Como surgiu o programa Bolsa Família e a quem ele beneficia
Como surgiu o programa Bolsa Família e a quem ele beneficia realmente

História do surgimento do Bolsa Família

Criado pela Lei nº 10.836, de 9 de janeiro de 2004, ainda no Governo Lula, o programa Bolsa Família foi um divisor de águas para muitas pessoas em situação de extrema pobreza.

No entanto vale salientar que o programa tem como origem a união de outras ações sociais criadas no Governo Fernando Henrique Cardoso, anterior ao Governo Lula, com as devidas alterações.

Leia ainda: Governo utilizou recursos da Previdência para pagar 13º do Bolsa Família

Portanto, o Bolsa Família, segundo dados, representa a unificação do PNAA (Programa Nacional de Acesso à Alimentação), criado em junho de 2003 com os seguintes programas:

  • Bolsa Escola ou Programa Nacional de Renda Mínima vinculado à Educação, criado em abril de 2001;
  • Programa Nacional de Renda Mínima vinculado à Saúde, o Bolsa Alimentação, criado em setembro de 2001;
  • Programa Auxílio-Gás, criado em janeiro de 2002;
  • Cadastramento único do Governo Federal, criado em julho de 2001.
Como surgiu o programa Bolsa Família e a quem ele beneficia
Como surgiu o programa Bolsa Família e a quem ele beneficia realmente

Quem pode ser contemplado pelo programa

Ainda que beneficie famílias em situação de vulnerabilidade econômica, é necessário estar inteiramente dentro do perfil para que o benefício seja concedido.

Leia também: Quem pode participar do Bolsa Família? Entenda como se cadastrar

O fator principal é que existam gestantes, crianças ou adolescentes de até 17 anos na composição familiar. Além disso, famílias consideradas em extrema pobreza são as que possuem uma renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa. Já as famílias pobres têm uma renda mensal de até R$ 178,00 por pessoa.

Como dito anteriormente, o programa auxilia famílias em extrema pobreza. Segundo dados do Governo, cerca de mais de 80% dos inscritos fazem parte de um total de 40% das pessoas mais pobres do país.

Mesmo sendo um valor baixo, algo em torno de 170 e 180 reais, essa renda mensal representa muitas melhorias práticas, tanto na alimentação, como na permanência escolar de crianças e adolescentes, por exemplo.

Além disso, o Bolsa Família é reconhecido como um dos programas federais essenciais para que o país saia do Mapa Mundial da Fome e, junto com outras ações, fundamental para que o Brasil erradique de vez a fome e a pobreza.

Ajude a fazer o Diário Prime News! Tem dúvidas, críticas ou sugestões de pauta? Fale conosco! Mande email para contato@dpnews.com.br  


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!