Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mais Lidas

Todo mundo comentando

Bolsa Família: mais de 5 mil pessoas deverão devolver dinheiro; entenda

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

18 de fevereiro – Devido aos casos de pagamento irregular, alguns ex-beneficiários do Bolsa Família deverão devolver o dinheiro recebido das parcelas. O programa beneficia milhares de famílias brasileiras, mas não está isento de fraudes.

O governo, por sua vez, estuda medidas para diminuir as ações fraudentas. O objetivo, claro, é proteger e assegurar o direito ao benefício a quem realmente precisa.

Bolsa Família: mais de 5 mil pessoas deverão devolver dinheiro; entenda
Bolsa Família: mais de 5 mil pessoas deverão devolver dinheiro; entenda

Leia também: Saque do Bolsa Família é antecipado para alguns beneficiários; saiba mais

Pessoas recebendo o Bolsa Família de forma irregular

O Ministério da Cidadania, como já pontuado, deve convocar durante este ano, cerca de 5 mil ex-beneficiários do Bolsa Família que estavam recebendo o benefício de forma indevida.

A convocação será para tratar dos valores que deverão ser devolvidos por essas pessoas, uma vez que elas estavam sendo atendidas pelo programa de modo irregular; portanto, sem de fato necessitarem do auxílio.

A ação é o maior processo de cobrança de ressarcimento de repasse que o programa já fez. É previsto um retorno de R$ 5,8 milhões aos cofres públicos.

A primeira cobrança de recebimento de parcelas indevidas, no entanto, foi feita ainda em 2018, resultando na recuperação de mais de um milhão de reais.

Como a fraude no Bolsa Família foi descoberta

As famílias que estavam sendo beneficiadas de forma indevida foram identificadas pela auditoria da Controladoria Geral da União (GRU) e por meio do cruzamento de dados com o Tribunal de Contas da União (TCU).

A averiguação foi feita com o objetivo de investigar suspeitas nos dados fornecidos, pois algumas pessoas poderiam ter dado informações falsas ao Cadastro Único.

Algumas dessas informações, por exemplo, dizem respeito à renda superior do que a exigida para participar do programa.

Veja ainda:

Bolsa Família agora terá outro responsável; entenda

Como as pessoas estão sendo notificadas

As pessoas que recebiam indevidamente o Bolsa Família estão recebendo cartas com a Guia de Recolhimento da União (GRU), com o respectivo valor de ressarcimento.

Depois de recebida a guia, as pessoas terão até 30 dias para apresentar alguma resposta ao Ministério da Cidadania e para pagar o valor que estão devendo.

Caso contrário, os nomes delas serão incluídos no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin) e no Sistema de Cobrança do Tribunal de Contas da União.

Governo atua no combate às fraudes no Bolsa Família

Lelo Coimbra, secretário especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, comentou a respeito sobre a descoberta de ações irregulares no programa.

Segundo ele, as notificações são importantes na medida em que muitas pessoas necessitam do recurso e, assim, permitem o combate à extrema pobreza.

Dessa forma, por questão de justiça social, esse repasse deixa de ser dado a quem usou de maneira indevida, o que ocorre por meio da devolução do montante recebido de maneira errônea.

Veja também:

Bolsa Família: programa pode não contemplar novas famílias em 2020

Ajude a fazer o Diário Prime News! Tem dúvidas, críticas ou sugestões de pauta? Fale conosco! Mande email para contato@dpnews.com.br  


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!