Bolsa Família fornece cartão para compra de material escolar; veja quem tem direito

0
54
Bolsa Família: Cartão Material Escolar, quem tem direito

22 de dezembro – Devido aos preços altos do material escolar, muitas famílias carentes não conseguem pagar por ele, mesmo recebendo o Bolsa Família. Como resultado, muitas crianças por todo o país acabam evadindo das escolas.

Para resolver esse problema das famílias mais carentes o governo do Distrito Federal criou o cartão material escolar que entrega para as famílias que participam do programa Bolsa Família, uma verba extra para pagar o material escolar dos seus filhos. Trata-se de uma iniciativa que poderia ser exemplo para os demais estados da federação.

Veja Mais: Bolsa Família pode mudar de nome e se chamar “Bolsa Brasil”; entenda

Bolsa Família: Cartão Material Escolar, quem tem direito

Só quem tem bolsa família pode ter esse cartão

Esse é na verdade um programa antigo do Distrito Federal que havia sido cancelado. Mas, no início deste ano o projeto foi reativado.

Para ter direito ao benefício as famílias precisam cumprir 2 requisitos:

  1. Estar cadastrados no bolsa família

  2. Estar com o filho devidamente matriculado na escola

Cumprindo estes dois requisitos, a família terá direito a um cartão com os R$ 320,00 para ensino médio e R$ 240,00 para ensino fundamental.

A retirada do cartão é feita direto na escola em que a criança esteja cadastrada. Mas se por acaso a família tiver mais de 1 filho cadastrado na escola pública, o cartão será pego na escola do filho mais novo e conterá o valor de todos os filhos cadastrados.

Esse dinheiro só pode ser utilizado para compra de material escolar e não deve de maneira nenhuma ser utilizado para outra finalidade.

Com o intuito de garantir que esse dinheiro não seja desviado, o estado criou uma lista com os materiais que podem ser comprados e com os estabelecimentos onde pode comprar.

Aqueles que forem pegos desviando o dinheiro de sua finalidade, sofrerão as penalidades que neste caso, são aplicadas também para o estabelecimento que aceitar pagamento com este cartão para outra finalidade.

Problemas com o antigo modelo

Esse programa foi inaugurado no Distrito Federal em 2013 e desde então já foi cancelado e modificado várias vezes e apresenta várias queixas por parte dos beneficiários do Bolsa Família.

Algumas das queixas listadas são:

  • Atrasos no repasse

  • Dificuldade para confirmar quem tem direito ao benefício

Outro ponto que os beneficiários deste programa reclamaram nas gestões passadas foi a demora para ter acesso ao dinheiro. Afinal, o governo tinha um prazo de até o fim do semestre para liberar os valores.

Veja Também:Bolsa Família: deputados querem ampliar o programa e torná-lo um direito constitucional

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here