Bolsa Familia: valor do benefício pode aumentar com projeto do governo; saiba mais

0
127
Bolsa Família
Bolsa Família

O Bolsa Familia está com seu valor congelado desde 2015, entretanto, um projeto do governo, dentro da reforma tributária, pode estabelecer uma nova forma de transferência de renda e assim, beneficiar a população de baixa renda. Trata-se do Imposto de Renda Negativo. Entenda mais.

Veja também: Como instalar o aplicativo do bolsa familia

Bolsa Família: valor do benefício pode aumentar com projeto do governo; entenda
Bolsa Família: valor do benefício pode aumentar com projeto do governo; entenda

Bolsa Família seria beneficiado com o Imposto de Renda Negativo

O programa Bolsa Família pode ser beneficiado com a reforma tributária, que em breve entrará em pauta no congresso federal. Provavelmente, assim que a reforma da Previdência for concluída.

A equipe econômica do governo tem analisado a possibilidade de criar uma nova forma de transferência de renda.

O Imposto de Renda Negativo, como vem sendo chamado, criaria uma nova categoria de contribuintes: pessoas que, além de não pagar imposto de renda, passariam a receber um valor.

Hoje, pessoas que ganham até R$ 1.903,98, são isentas do Imposto de Renda.

No governo anterior, de Michel Temer, estava em discussão aumentar a faixa de isenção. Contudo, o discurso agora é que o reajuste de isenção seja menor e, em contrapartida, seja criada a faixa do IR Negativo.

O que é o Imposto de Renda Negativo?

O IR Negativo pressupõe a definição de uma determinada linha de renda, acima da qual paga-se um percentual de imposto e, abaixo dela, recebe-se uma fração do tributo.

Funciona, portanto, como um programa de renda mínima.

O benefício seria voltado à população elegível a receber o Bolsa Família, com renda de até R$ 178 por pessoa.

Se o modelo for adotado, a tendência é que o reajuste da tabela do IR seja menor.

Leia ainda:Consulta do saldo do Bolsa Família pode ser feito pela internet ou aplicativo

A reforma tributária buscará a simplificação de tributos

Mexer no IR é um dos pilares da reforma tributária.

Além disso, a equipe do ministro Paulo Guedes, trabalha em uma simplificação dos tributos que hoje incidem sobre o consumo.

O governo deve buscar a elaboração de uma proposta que seja um consenso dentro do Congresso.

Em resumo, o que se busca é uma simplificação dos impostos e, consequentemente, uma redução da carga tributária.

Já existe, inclusive, uma corrente entre empresários para a criação de um imposto único federal.

A reforma tributária deve ter um apoio maior do Congresso, pois como busca aliviar a carga tributária e, assim, aumentar o poder de consumo da população em geral, tende a agradar a todos os interesses.

Leia ainda:Será que realmente é possível ter cartão de crédito do Bolsa Família?Entenda

Deixe seu comentário em: Bolsa Familia: valor do benefício pode aumentar com projeto do governo; saiba mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here