Auxílio emergencial vai até dezembro com valor de R$ 300

Novo valor será de R$ 300 a partir da 6ª parcela

0
462
Auxílio emergencial vai até dezembro com valor de R$ 300
Auxílio emergencial vai até dezembro com valor de R$ 300 (Foto: Agência Brasil)

Está prorrogado até o final do ano o benefício destinado a trabalhadores informais e desempregados durante a pandemia. Sendo assim, o Auxílio Emergencial vai até dezembro, mas com um novo valor reduzido.

O anúncio da prorrogação do benefício até o mês de dezembro de 2020 foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nesta última terça-feira (01).

Além disso, Bolsonaro confirmou que o novo valor do benefício vai ser reduzido em 50% a partir da sexta parcela, passando a ter cada cota no valor de R$ 300.

Auxílio emergencial vai até dezembro com valor de R$ 300
Auxílio emergencial vai até dezembro com valor de R$ 300 (Foto: Alan Santos/PR)

Leia mais: Meu auxílio emergencial foi cancelado; saiba o que fazer para recuperar

Auxílio vai até dezembro com novo valor

A MP assinada por Jair Bolsonaro garante a continuidade do auxílio por mais quatro parcelas de R$ 300 – valor que vai ser dobrado para mulheres que são chefes de família.

Portanto, as novas parcelas serão repassadas entre os meses de setembro a dezembro.

O presidente da República, entretanto, não acredita que o benefício continuará a ser pago durante o ano de 2021.

“Quebra o Brasil, perdemos a confiança. E nós temos que voltar ao trabalho”, falou durante uma transmissão ao vivo na última semana.

Leia também: Que horas cai o dinheiro no Caixa Tem? Entenda em detalhes

Senadores se posicionam sobre o assunto

A redução nos valores repercutiu entre apoiadores e oposicionistas do governo no Senado.

Através das redes sociais, parlamentares se dividiram sobre concordar com a diminuição do valor em 50%.

“Neste momento, o Brasil celebra. É importante por todos aqueles atingidos diretamente pela pandemia. Vamos continuar trabalhando por aqueles que mais precisam”, escreveu o senador Elmano Ferrer (Podemos-PI).

Em contrapartida, o senador Rogério Carvalho (PT-SE) criticou com veemência o anúncio do governo.

“Chega a ser desumano diminuir o auxílio emergencial sabendo que tanta gente precisa desse recurso pra comer! R$ 600 já não protegem as famílias da fome, imagina R$300! Faz falta para o povo, Bolsonaro. Se for para tirar de alguém, que seja de quem tem de sobra: os ricos!”, escreveu, assim, o senador petista.

Projeto de Lei pede prorrogação do auxílio com o mesmo valor

O Deputado Federal José Guimarães (PT-CE) é o autor do Projeto de Lei nº 2357/2020, que pede a prorrogação do auxílio emergencial, instituído pela Lei nº 13.982/2020, até dezembro com o mesmo valor inicial.

O Deputado apresentou o texto que pedia que o valor de R$ 600 fosse mantido até dezembro no mês de maio.

No entanto, mesmo após dois requerimentos de urgência o PL ainda não foi despachado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Leia ainda: CPF pendente de regularização é estar com nome sujo? Entenda

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here