App Caixa auxílio emergencial: entenda quem deve usar e como funciona

0
252
Aplicativo auxílio emergencial Caixa: saiba quem deve usar
App Caixa auxílio emergencial: entenda quem deve usar e como funciona

App Caixa auxílio emergencial: Cerca de 15 milhões de brasileiros precisam efetuar uma autodeclaração de renda para estar apto a receber a ajuda do governo. Esta será feita através do sistema digital que será lançado pelo governo federal nesta terça-feira (07.04).

O aplicativo do governo criado em conjunto com Caixa serve para pessoas sem cadastro em programas sociais estejam aptos a receber o auxílio emergencial de R$ 600 a R$ 1.200.

Aplicativo auxílio emergencial Caixa: saiba quem deve usar
App Caixa auxílio emergencial: entenda quem deve usar e como funciona

Leia mais: Como saber se vou receber 600 ou 1200 reais? Entenda os detalhes do auxílio emergencial

Entenda, portanto, quem deve utilizar e como funcionará o aplicativo.

Como efetuar o cadastro no aplicativo?

O cadastro oficial pode ser feito pelo aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou pelo site, através do seguinte endereço: auxilio.caixa.gov.br.

Passo a passo para o cadastro:

  • Primeiramente, deve-se inserir dados pessoais, como nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe.
  • Em seguida, deverá informar sua área de atuação e salário.
  • Posteriormente, o sistema pedirá informações dos familiares com quem mora na mesma casa.
  • Por fim, será informada a conta bancária na qual deseja receber o benefício.

O cadastro levará até 48 horas para ser aprovado, ou negado, e o recurso será creditado pela Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil ou inúmeras outras redes bancárias.

É possível acompanhar a solicitação através do mesmo aplicativo ou pelo site.

App Caixa auxílio emergencial: quem deve usar

Microempreendedores individuais (MEI) e os contribuintes individuais do INSS que se enquadram nos critérios estabelecidos para a lei são os que devem utilizar o aplicativo.

Os trabalhadores devem cumprir uma dessas condições:

  • Ser microempreendedor individual (MEI);
  • Ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020;
  • Ser trabalhador informal; ou
  • Ser contribuinte individual do INSS.

Além disso, é obrigatório também preencher os seguintes requisitos:

  • Ter mais de 18 anos;
  • Família com renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135); e
  • Não ter tido rendimentos tributáveis, em 2018, acima de R$ 28.559,70.

Leia também: Aplicativo para receber 600 reais: saiba novos detalhes

Para que serve o aplicativo emergencial Caixa?

O auxílio do governo será repassado inicialmente para aqueles cidadãos quem já forem cadastrados em programas sociais do governo. Ou seja, quem já está apto a participar de qualquer serviço transferência de renda, como o Bolsa Família.

Mas para os trabalhadores informais que não forem cadastrados no CadÚnico, será necessário utilizar o aplicativo.

Leia ainda: Saque de R$ 600 reais: autônomos e desempregados devem fazer Autodeclaração de renda

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here