Deputada Joyce Hasselmann agora com mais poder no partido

0
177
Joyce Hasselmann, deputada eleita
Joyce Hasselmann, deputada eleita

A parlamentar Joyce Hasselmann (PSL)  foi a escolhida para assumir a direção do PSL Mulher, conforme informa Igor Gadelha da Crusoé. Essa nova posição dará à deputada mais bem votada do Brasil, que se elegeu pelo estado de São Paulo nas eleições de 2018, ainda maior destaque e poder dentro do quebra-cabeças político no congresso.

Joyce Hasselmann - foto Exame Abril
Joyce Hasselmann – foto Exame Abril

Joyce que já se autodenominou de “Bolsonaro de saias”, em face do seu jeito direto e corajoso na abordagem de assuntos de interesses nacionais, vai substituir a professora Dayane Pimentel, do Estado da Bahia.

Sua disposição e estilo mais arrojado a fez protagonizar uma desavença com alguns caciques do partido, entre eles o próprio filho do presidente, o  deputado Eduardo Bolsonaro. Mas a desavença parece ter sido contornada.

Confira no link:

A gestão do fundo com milhões de reais

O novo cargo que vai assumir permitirá a Joyce Hasselmann gerir o fundo partidário da legenda destinado aos programas de interesse das mulheres. Todos os partidos precisam repassar, conforme a legislação eleitoral em vigor, cinco por cento do seu fundo partidário para programas semelhantes.

No caso em tela dos  115,1 milhões de reais que o PSL receberá esse ano,  5,7 milhões estarão sob a administração direta da deputada Joyce Hasselmann.

Ameaça de Morte feita à Joyce Hasselmann

Em meados de dezembro passado, a deputada veio a público para denunciar que havia sido ameaçada de morte, quando estava hospedada em um hotel em Brasília, capital federal.

No bilhete que foi endereçado à deputada, fazia-se menção a sua ascendência judia e usava-se de termos injuriosos contra a sua honra.

Pode-se conferir no link abaixo:

Mas na  ocasião Joyce se pronunciou assim diante do quadro:

”…Acabo de receber de ‘presente’: uma cesta com uma cabeça de porco, uma peruca loura e um bilhete com a frase ‘vai sofrer e vai morrer’. Adianto que já chamei a polícia e que esse ‘presentinho’ não muda um minuto do meu dia! Tenho muito trabalho, sigo a agenda e Não tenho medo de bandido”.

A inquieta deputada paranaense é jornalista de formação, e, por coincidência, ocupa o gabinete usado pelo ex-presidente Lula no congresso. Promete ser uma personagem importante no cenário político brasileiro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here