Mais Lidas

Todo mundo comentando

Sergio Moro apresenta suas ações para 2020, confira

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

Em vídeo publicado na última quinta-feira(12) no YouTube, pela conta oficial do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro fez um balanço das principais ações realizadas em 2019 e falou sobre seus planos os próximos anos. De acordo com o ministro, o foco agora será no seu projeto piloto Em Frente Brasil lançado em agosto deste ano.

Sérgio Moro explica que a filosofia do projeto será uma atuação integrada dos governos Federal, Estadual e Municipal no enfrentamento da criminalidade local. Atualmente o projeto Em Frente Brasil foi aplicado em 5 municípios escolhidos por ter indicadores de criminalidade ruim. “Nas cidades onde ele foi aplicado, tem tido bons resultados, mas esse projeto é um aprendizado pra nós”, afirmou Moro.

Veja também: Lula chama Moro e Dallagnol de Mentirosos e é vaiado ao sair, assista ao vídeo

Quando perguntado sobre quais são as perspectivas e desafios para os futuros Moro diz que “Os desafios ainda são imensos no Brasil, como criminalidade violenta e criminalidade organizada e também corrupção em certos níveis, mas acho que houve avanços significativos”.

Pelo Twitter o ministro comemorou o balanço do Ministério da Justiça e Segurança Pública em 2019, que apresentou significativas melhorias em relação aos índices de criminalidade que caem em todo país, “Espere só pra ver 2020“. Confira o tweet a seguir:

Integração é a palavra chave, diz Sérgio Moro sobre Segurança Pública

Na última sexta-feira (13), o Ministro Moro esteve com sua equipe em Manaus-AM para inauguração do Centro Integrado de Inteligência e Segurança Pública – Regional Norte (CIISPR-Norte). Ao todo já são três Centros Regionais, Norte, Nordeste e Sul e mais uma Centro Nacional em Brasília.

Leia também: Bolsonaro fala sobre o aumento do preço da carne, Assista ao vídeo

Veja também:

Reprodução: MJSP / Sérgio Moro
Reprodução: MJSP / Sérgio Moro

A integração destas agências produzirão soluções estratégias de para tomadas de decisão, todas as centrais terão acessos a um banco de dados integrado com informações de diversas instituições.

Moro afirma, “Os centros produzem inteligência e planejamento conjunto para prevenir e combater o crime“. De acordo com dados do MJSP, uma das principais atividades será a coleta de informações de organizações criminosas. Com isso, poderão criar estratégias para combate ao tráfico de armas e drogas e crimes violentos.

Pode gostar também: Gov. Witzel tem plano pra incriminar Bolsonaro no caso Marielle, afirma Dep. Otoni de Paula


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!