Mais Lidas

Todo mundo comentando

PT pode ter registro suspenso por violar Lei dos Partidos Políticos. Confira

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

Foi dado o parecer hoje (4), pelo vice procurador-geral eleitoral, Renato Brill Goés, de admissibilidade a uma ação requerida pelo deputado federal Heitor Freite (PSL-CE) que pode decretar a suspensão do Partido dos Trabalhados (PT).

O motivo da decisão está no fato de que o magistrado aceitou a alegação, bem apresentada pela Lava Jato, de que PT recebeu dinheiro estrangeiro.

“Diante de tal contexto, forçoso reconhecer a existência de indícios suficientes do recebimento, por parte do Partido dos Trabalhadores – PT, ora requerido, via interpostas pessoas, de recursos oriundos de pessoas jurídicas estrangeiras (Keppel FELS e Toshiba), inclusive para pagamento de despesas contraídas pelo próprio Partido, a evidenciar, em tese, interesse direto da instituição partidária e não apenas de dirigente seu, circunstância que autoriza o prosseguimento do feito quanto à hipótese do inciso I do art. 28 da Lei dos Partidos Políticos, com a inauguração de sua fase de instrução”, disse Goés.

O despacho havia sido realizado no dia 25 de março e só hoje teve sua admissibilidade. O PT, como alegou Goés, citando a Lei dos Partidos, não tinha direito algum de receber dinheiro estrangeiro.

Agora resta saber: Como o nosso judiciário irá lidar com isso? Qual será o resultado final? Basta aguardarmos e conferir a sua última resolução.

Veja também: ‘Coronavírus: Bolsonaro tem razão? Veja o que os médicos dizem sobre a Cloroquina’


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!