Mais Lidas

Todo mundo comentando

Eduardo Bolsonaro se revolta com o Ministério Público

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O deputado federal Eduardo Bolsonaro  está revoltado com a Polícia Militar e o Ministério Público. Desde que o Ministério Público autorizou a Polícia Militar da cidade de Criciúma a conter as carreatas que têm sido feitas, em favor do rompimento a quarentena, estabelecida pelos governos estaduais.

Eduardo Bolsonaro  afirmou que a carreata foi feita por pessoas revoltadas pelo impedimento de trabalhar Eduardo Bolsonaro criticou a ordem dada pelo Ministério Público “como se o povo fosse obrigado a falir e n tivesse o direito de tentar sobreviver”.

Leia também: Aumenta o número de mortos por coronavírus no Brasil Confira

A Política Militar de Criciúma informava aos manifestantes que caso optassem por prosseguir na carreata, os policiais teriam autorização de apreender os veículos.

O deputado afirmou que o combate ao coronavírus é muito importante e o governo Bolsonaro tem anunciado medidas para garantir o futuro do Brasil investindo bilhões.

Contudo, para Eduardo Bolsonaro, o problema vai muito além de um simples problema com os órgãos públicos como DETRAN ou a PM local, nem são os maiores problemas, e sim, o impedimento de uma pessoa trabalhar, onde a consequência lógica é uma crise econômica jamais vista pelo mundo.

Você pode gostar: Janaina Paschoal dá uma trégua e elogia medidas de Jair Bolsonaro


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!