Mais Lidas

Todo mundo comentando

COVID-19: Grupos ligados a Bolsonaro criticam fala de Mandetta sobre negociação com o tráfico

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

Após fala de Mandetta na quarta-feira (08) sobre a necessidade de negociar com o tráfico e milícias para o combate ao novo coronavírus nas favelas, grupos ligados ao presidente Jair Bolsonaro criticaram o ministro.  Em sua coletiva diária de ontem, Mandetta afirmou que o ministério estaria disposto a negociar para que todos colaborassem.

“A saúde dialoga, sim, com o tráfico, com a milícia, porque também são seres humanos e precisam colaborar, ajudar, participar. Então, neste momento, quando a gente faz esse tipo de colocação, a gente deixa claro que todo mundo vai colaborar (no combate à covid-19)”, acrescentou o ministro. A fala gerou repercussão negativa entre grupos ligados ao presidente Jair Bolsonaro.

Edson Salomão. presidente do ‘Movimento Conservador’, chegou a ironizar Mandetta em seu Twitter questionando se o ministro da Saúde “fumou crack”.

Outro a ironizar o comentário de Mandetta por meio do Twitter  foi o deputado federal José Medeiros – PODE/MT, que é base do Governo na Câmara dos Deputados. Medeiros comparou a fala do ministro da Saúde com quem defende negociação com o Estado Islâmico.

Mesmo em tempos de pandemia global, a palavra pacificação parece não existir no horizonte de grupos ligados ao presidente.

Veja também: Nise Yamaguchi e a bandeira da hidroxicloroquina


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!