Mais Lidas

Todo mundo comentando

Bolsonaro: Na Venezuela nem tem mais Carne de Cachorro para Comer

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

Em sua live semanal de hoje (12) o Presidente Bolsonaro falou novamente sobre o aumento no preço da carne. A citação ao caso foi feita devido à necessidade de dar uma resposta à população.

As pessoas estão irritadas com a grande alta nos preços da carne e estão se manifestando. Muitas estão exigindo do governo uma atitude, como por exemplo o tabelamento do preço. E isso o Presidente Bolsonaro descarta com veemência.

Confira: MP do COAF não é votada e pode caducar.

O Exemplo da Venezuela nas Palavras do Presidente Bolsonaro

Para explicar seu posicionamento contrário ao tabelamento, o Presidente foi incisivo: disse que a Venezuela trilhou esse caminho e hoje nem carne de cachorro eles têm mais para comer. E afirmou que o mesmo não irá acontecer no Brasil.

Ainda nas palavras do Presidente Bolsonaro, é normal o aumento do preço da carne nesse período do ano. Esse ano, no entanto, o aumento foi maior. Segundo ele, porque houve mais exportações agora. Mas apesar disso ele se diz otimista e afirma que em breve os preços devem abaixar novamente.

De fato esse modelo de intervenção não é sadia para a economia, pois fere o princípio do livre comércio. Se o Presidente Bolsonaro o fizer estará dando um golpe nos produtores brasileiros.

Reprodução de Imagem do Facebook do Presidente Bolsonaro
Reprodução de Imagem do Facebook do Presidente Bolsonaro

Leia também: Deputado Estadual de Goiás é criticado por zombar de Papai Noel deficiente.

Especialistas Indicam Possibilidade de Queda

De fato os especialistas da área tem indicado a possibilidade de os preços abaixarem em breve. Essa previsão se deve ao preço da arrouba do boi, que caiu. Mas alertam que provavelmente não voltarão aos patamares em que estavam antes da alta.

Isso se explica pela pressão externa sobre s carnes brasileiras. A China tem comprado mais do Brasil e os países árabes tem demonstrado interesse em comprar também. Ou seja, a oferta continuará sendo pouca diante da demanda.

Mesmo para nós, que somos grandes produtores e exportadores de carne bovina, essa combinação vai resultar em preços mais altos. O que infelizmente não está em nosso poder resolver, porque trata-se de comércio e não de ação governamental.

Você também pode gostar: Bolsonaro fala sobre o aumento no preço da carne.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!