Mais Lidas

Todo mundo comentando

“…atendendo aos desejos do governo, só isso justifica a admissão de um pedido esdrúxulo e ilegal como este” PT responde ao pedido de cassação

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O Partido dos Trabalhadores, 13, reagiu, hoje, 04, às denuncias feitas contra o partido pelo vice-procurador-geral eleitoral Renato Brill de Goés, pela cassão do registro do PT, no Tribunal Superior Eleitoral. 

Gleisi Hoffmann, presidente do Partido dos Trabalhadores, classificou como absurda a denuncia contra o partido e “Não há provas e nem indícios de que o PT tenha recebido recursos oriundos do exterior, o que nunca aconteceu. A decisão é arbitrária e política, sem amparo em fatos ou na realidade”. 

Leia também: Alexandre Frota afirma que Jair Bolsonaro estava contaminado com COVID-19 e escondeu por ordem do filho  Confira

A resolução do Partido dos Trabalhadores, frente a situação, traduzida na voz de Gleisi Hoffmann, essa seria mais uma tentativa de calar a voz do partido, para atender aos desejos do governo federal.

 Alem disso, segundo o PT, o pretexto utilizado é irreal. E que, somente em períodos arbitrários na historia da república, ditaduras calaram a voz de partidos políticos que lutavam pela restauração da democracia, como o Partido Comunista do Brasil, que teve o seu registro cassado.

Mais uma vez, o partido dos trabalhadores afirmou que o PT tem 40  anos de história e naseu para que a classe trabalhadora tenha voz e vez e que o partido seguira lutando com todas as forças para poder continuar representando o povo brasileiro e sua luta por uma vida mais digna.

Você pode gostar: ABJD denuncia Jair Bolsonaro no Tribunal Internacional


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!