Mais Lidas

Todo mundo comentando

“Estamos apenas esperando para morrer aqui” COVID-19 chega em prisões das Filipinas

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O COVID-19 continua fazendo vítimas por todo o mundo. Nas Filipinas, o que mais se temia aconteceu: o COVID-19 alcançou os presídios filipinos. O país possui as maiores taxas de superlotação prisional do mundo, chegando a 534% acima da capacidade.

 

O governo filipino chegou a liberar 10.000 presos, que pertenciam ao grupo de risco do COVID-19, para diminuir a possibilidade de contágio e morte. Mais de 300 casos já foram diagnosticados entre os presos. Além disso, ainda na prisão de CEBU, sul do país, dezenas de profissionais que trabalham do no presídio já estão contaminados. 

Leia também: População cobra a Jair Bolsonaro o resultado do teste para COVID-19

Além disso, quatro presidiários já morreram por coronavírus. O Supremo Tribunal do país ordenou a liberação de prisioneiros que estivessem detidos antes do julgamento por não poder pagar fiança. Assim como.  prisioneiros idosos e doentes, e também,  aqueles cuja sentença era de seis meses ou menos.

 

Um dos presos, um detento de 61 anos, em condição de sigilo absoluto sobre seu nome e local de detenção, afirmou ao jornal que os presos vivem como se estivessem esperando o vírus chegar até eles. “Estamos apenas esperando para morrer aqui. Sinto-me impotente – como se esperássemos o vírus vir para nós”.

Você pode gostar:  Carla Zambelli espalha fake news e seguidores cobram atitude da deputada

De acordo com a agência, ainda antes do COVID-19, a média de mortos no país, no maior presídio federal das Filipinas, era de 5.000, por ano. Além disso, a falta de saneamento e ventilação ideal são preocupações constantes. Os direitos humanos se dizem preocupados com a possibilidade de subnotificação de casos e mortes por coronavírus, alterando os números reais, nos presídios em todo o  país. 

Confira: Wilson Witzel responde Otoni de Paula e cobra ajuda prometida do governo federal

 


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!