Mais Lidas

Todo mundo comentando

A casa caiu: MPF faz denúncia contra Glenn Greenwald e ele poderá ser condenado

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

O jornalista Glenn Greenwald, do site Intercept, foi denunciado hoje (21) pelo Ministério Publico Federal na Operação Spoofing. A informação foi divulgado oficialmente no portal de notícias do MPF. Segundo a MPF, existem provas que demonstram de ele ajudou e incentivou grupos de hackers nas invasões. Junto com ele foram denunciadas também mais 6 envolvidos no hackeamento de mensagens.

De acordo com o MPF, a investigação levou a conclusão de que Walter Delgatti Netto e Thiago Eliezer Martins Santos são os “cabeças” do grupo. Mas, após a análise de um MacBook apreendido, encontraram um aúdio onde Luiz Molição, que é um dos hackers, conversou com Glenn Greenwald e disse que ainda estava fazendo invasões e pediu algumas orientações ao jornalista. Assim, esse áudio levou o MPF tomar a decisão de abrir a denúncia.

Leia também: Sergio Moro no Roda Viva: Ministro dá bronca em jornalistas ao vivo, confira

Reprodução: Site do The Intercept Brazil / MPF denuncia Glenn Greenwald
Reprodução: Site do The Intercept Brazil / MPF denuncia Glenn Greenwald

Além disso, o áudio confirma que Glenn Greenwald pediu que eles[grupo] deletassem as mensagens hackeadas que já foram passadas pra ele. Segundo o portal do MPF, eles tinham que apagar as essas mensagens para não ligá-lo aos grupo criminoso.

Glenn Greenwald pode recorrer ao STF

A denúncia foi protocola pelo Procurador da República, Wellington Divino que diante das evidências, pediu a condenação dos acusados. Contudo, em agosto de 2019, Gilmar Mendes, havia emitido uma liminar impedindo que Glenn Greenwald fosse investigado. Mesmo com essa liminar, Wellington Divino fez a denúncia contra Glenn.

Veja também: Carla Zambelli diz que Joice Hasselmann deve ser ignorada, veja o vídeo

Reprodução: Facebook da Joice Hasselmann / Gilmar mendes concedeu liminar para Glenn Greenwald
Reprodução: Facebook da Joice Hasselmann / Gilmar mendes concedeu liminar para Glenn Greenwald

É muito provável que ele recorra ao STF novamente contra a decisão do Procurador. Mas, as evidências são muitos graves, uma decisão contrária do STF poderia colocar algum ministro em “maus lençóis”. Seria uma clara tentativa de obstrução da justiça e que poderia levar a um processo de impeachment.

Pela twitter, Glenn Greenwald tentou se defender, disse que a ação do MPF, “é um ataque a liberdade de impressa, a decisão do STF e a democracia“. O ex-presidente Lula também se manifestou pelo twitter. Ele disse que Glenn foi “vítima de mais um evidente abuso de autoridade contra a liberdade de imprensa“. Entretanto, a situação de Greenwald é complicada, e caso condenado pode responder por crime de organização criminosa.

Pode gostar também: Jair Bolsonaro diz que Folha de SP fez covardia, veja ao vídeo


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!