Mais Lidas

Todo mundo comentando

Prisão em Segunda Instância: Movimentos da Direita fazem nova manifestação, confira

Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

Diversos grupos da Direita estão se organizando para uma nova manifestação em favor da PLS 166/2018 de autoria do Senador Lasier Martins (PSD/RS) que altera o Código de Processo Penal para assegurar prisão após a condenação em segunda instância. Entre os grupos que já confirmaram participação, estão, o Movimento Brasil Livre, Vem Pra Rua Brasil e Nas Ruas que têm usado as redes sociais para convocar a população para o próximo domingo dia 08/12 em diversas cidades do Brasil.

A manifestação tem como pauta principal pressionar os senadores para que votem antes do recesso a PLS 166/2018 que permite prisão após a condenação em segunda instância. Outros movimentos também pedem que a votação PEC 199/2019 que tramita na Câmara seja votada ainda esse ano.

Leia também: Ministro Sérgio Moro defende a execução da condenação em segunda instância.

Diversos políticos têm manifestado seu apoio ao movimento bem como pedindo que o povo tome às ruas no dia. A Deputada Carla Zambelli do PSL de São Paulo publicou em sua conta no Twitter:

Polêmica da Prisão em Segunda Instância

O tema têm ganhado amplo destaque após os STF por 6 votos a 5 alterar o entendimento sobre a prisão após condenação em 2ª instância, e que resultou na libertação do ex-presidente condenado Luiz Inácio Lula da Silva e diversos outros presos da Operação Lava Jato.

Veja também: Jair Bolsonaro lança Aliança pelo Brasil e define líderes partidários

O Jurista Modesto Carvalhosa, defensor da prisão após 2ª instância , criticou a atitude dos ministros do STF e em entrevista à rádio Jovem Pan afirmou que o “STF está constitucionalizando o crime“. De tal modo o assunto tomou conta das redes sociais onde diversos apoiadores acreditam que se o tema não for tratado com a devida importância e urgência o Brasil voltará a ser o país da impunidade.

O que diz o Ministro Sérgio Moro

Na última quarta-feira (04), o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, esteve na CCJ e defendeu a importância de que os réus tenham prisão decretada logo após condenação em 2ª instância. Mencionou ainda que países de primeiro mundo como Estado Unidos e França têm execução da pena já em primeira instância.

Reprodução: Twitter Sérgio Moro - Prisão em Segunda Instância
Reprodução: Twitter Sérgio Moro – Prisão em Segunda Instância

Você pode gostar: Sâmia Bomfim critica incursão da polícia em Paraisópolis: barbárie promovida pela PM.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!