Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Festival Grand Prix Faces traz jurados de renome mundial


0

A Faces Cia de Dança promoveu no último fim de semana, de 18 a 20 de outubro, o Grand Prix Faces de Dança no Hotel Ramada no Recreio, que contou com a participação de 35 escolas/grupos/atletas de dança e 272 coreografias apresentadas.

Uma comissão julgadora de renome no cenário de dança do Brasil e do Mundo avaliou as apresentações, como Shirley Pereira, Adriana Vilella, Hugo Leonardo, Brenno de Souza, Fábio Alcântara,Hélio Coutinho, que faz parte da Turnê Internacional TORUK – The First Flight, espetáculo criado pelo Cirque Du Soleil, no Canadá, Nayane Fernandes,Luamar Martins e Amália Machado.

O primeiro dia, 18 de outubro, contou com 41 apresentações distribuídas em competições para Projetos Sociais, Dança Popular, Folclórica , Moderna e Neoclássico. As apresentações do segundo dia – 19-/10, começaram com Ballet Clássico de Repertório , teve também Clássico Livre, Dança Contemporânea e as eliminatórias num total de 71 coreografias exibidas.

O último dia , no domingo, 20 de outubro, iníciou às 11h e terminou às 21h, com uma festa dançante. As finais das Batalhas de Danças Urbanas, como parte da competição, e mais Jazz, estilo livre, Sapateado e Dança Aeróbica, somando um total de 160 coreografias, encerraram o evento.

A idealizadora e produtora do projeto, Graciane Azevedo, deu entrevista e lamentou o desinteresse do empresariado brasileiro em patrocinar um evento de arte tão importante e necessário para a educação. “Falta ao empresário brasileiro entender o que é um apoio, uma parceria. Não tivemos esse suporte. Se não fosse nossos parceiros MK Play Brasil, Universidade Gama e Souza, Creche Escola Girassol, Estrela foto estúdio , AB Dance, Cindere`las, Espaço 4M , Moura Jóias e a empresa Omnilife Brasil Comércio de Produtos Nutricionais, através das vendas pelo instagran Alimento Micelizado , representada pela empresária individual Jane Brandani , não seria viável a concretização do Grand Prix”, apontou Graciane.

Um dos patrocinadores, Eliomar Borges, dono da MK Play Brasil playgrounds e brinquedos ressaltou a importância do Grand Prix. “Quando você incentiva a dança, você está incentivando a formação da cultura e a manutenção da cultura do nosso estado, e criando nas crianças e jovens um amor pela arte.”

A Importância do Grand Prix Faces segundo o júri:

A jurada Shirley Pereira, que já foi solista do Teatro Municipal do RJ e diretora do Festival Tempo de Dançar, falou do papel social. “Os festivais dão uma chance para as crianças, principalmente de comunidades, de se apresentarem e de fazerem o que gostam, além disso, nesses festivais têm sempre um olheiro de grandes companhias, por exemplo, no Teatro Municipal, tem quatro bailarinos que saíram de comunidades e, hoje, estão no exterior”, comemora.

O Conselheiro Municipal da Secretaria de Cultura em Paraty e um dos diretores do Sindicato dos profissionais de Dança do Estado do Rio de Janeiro, Hugo Leonardo, ressaltou sobre as oportunidades oferecidas no Grand Prix. “O Grand Prix traz oportunidades para quem está trabalhando, para quem está dançando, com premiações de bolsas no exterior e, também, realizando workshops.”

Adriana Vilella, Coach, diretora do Festival Arte Minas, do Seminário Arte Minas Internacional e do Festival Arte e Minas Kids, Adriana Vilella vibra com a produção desses eventos e destaca a criação de escolas no Brasil. “Felizmente no Brasil há um alto crescimento de escolas, o que proporciona facilidade para quem mora longe, por exemplo, os bailarinos do Nordeste. É nesses concursos que eles vão ter a oportunidade de mostrar o seu trabalho”…

O Diretor na empresa Arte Sulacap e sapateador internacional, Brenno de Souza, fica feliz com o fato de ainda existirem pessoas como Graciane Azevedo, que promovem eventos como o Grand Prix. “É bom que todos saibam que ainda existem pessoas lutando pela arte como a Graciane, fazendo acontecer, possibilitando bolsas para esse festival.”

O professor e coreógrafo conceituado Fábio Alcântara que também foi uma dos homenageados do GP Faces, integra o Conselho Internacional de Dança da UNESCO e é embaixador de vários festivais de dança aqui no Brasil e, também, na Argentina. Fábio salientou o alto nível do Grand Prix. “O Grand Prix é importante porque é completo, pois em sua programação você vai ver todos os tipos de dança, banca qualificada e workshops de alto nível.”

O ex-ginasta profissional e atualmente no espetáculo TORUK – The First Light, do internacional Cirque Du Soleil, Hélio Coutinho, comemora a existência do Grand Prix. “É importante porque está divulgando a arte no Brasil, que está muito precária, e incentivando às novas gerações, às crianças e a arte da dança.”

Dicas e Conselhos dos jurados para quem deseja viver da dança no Brasil:

Adriana Vilella
“Tem que ter muita dedicação. Procurar uma boa escola, um bom professor para começar. Vivenciar a dança contemporânea, a dança clássica, um pouco de tudo.’

Hugo Leonardo
“Muita fé, dedicação, determinação, esforço, empenho e estudo.”

Brenno de Souza
“Persistência! Acreditar que as coisas sempre vão dar certo, embora pareçam que não, um dia, com certeza, vai acontecer!’

Hélio Coutinho
“Persistir, lutar, ter um objetivo e força de vontade!”

Fábio Alcântara
“Procurar um bom professor, uma boa escola que tenha um conteúdo bacana… e não desistir, por que, às vezes, a gente começa e não termina. Persista e aproveite o máximo do seu professor!”

Graciane Azevedo
“Amem a dança, porque sem amor, fica difícil. Ter muita disciplina e humildade. Principalmente a disciplina, porque sem ela, você não vai chegar a lugar algum!”

Veja Quem Levou as Bolsas Internacionais

Ósi cia. De Dança RJ

Union Company RJ

Baletto Escola de Dança RJ

Associação Companhia Dança e Arte Paraty.

Os grupos foram premiados para a participação de vários programas de intercâmbio cultural nos Estados Unidos e Disney promovidos pela Qualité Turismo .

V Summer School Ent’ Artes em Portugal: Aluna Luisa Costa do Ateliê da Dança RJ

Festival Del Mercosul na Argentina foi para a Escola Animus Corpo e Movimento de São Gonçalo Rj, e para Cia Municipal de Dança de Tailândia Belém do Pará.

O Melhor coreógrafo do festival : Erivelton Prado do Dance e Mova ,Núcleo de dança de Volta Redonda

Ganhou o prêmio do Cirque du Soleil + 50% de Bolsa para graduação em qualquer curso na Unigama ( Universidade Gama e Souza)

Fotos: Marcia Ribeiro


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!