Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mercado bitcoin: áudio mostra presidente da Unick Forex desdenhando dos clientes


Se os investidores do mercado bitcoin que caíram no golpe da Unick Forex já estavam irritados, agora com certeza, eles ficaram ainda mais. Isso porque, foram divulgadas pelo Jornal NH uma série de conversas entre Leidimar Lopes, presidente da Unick Forex, e uma pessoa próxima a ele.

Divulgadas nesta quarta-feira, as conversas mostram que Leidimar tinha consciência que a empresa que atuava no mercado bitcoin e criptomoedas não ia bem. Além disso, mostrava desinteresse em relação ao calote dado nos clientes: “Eles que f…”, diz Lopes.

Veja mais: Mercado bitcoin: grupo terrorista Hamas utiliza a criptomoeda para financiar seu armamentoMercado bitcoin: áudio mostra presidente da Unick Forex desdenhando dos clientes

Mercado bitcoin: áudio mostra presidente da Unick Forex desdenhando dos clientes

A conversa

A conversa foi divulgada na última quarta-feira, 22 de janeiro, onde Leidimar Lopes parece irritado com os clientes da Unick devido aos cancelamentos realizados, diz que agora não vai devolver o dinheiro de ninguém. Embora tenha sido em áudio, foi transcrita e uma parte foi publicada pelo NH. Veja:

Leidimar – Por que os que continuam tão tudo certo aqui? Por que eles quiseram cancelar? Eles que vão se f… agora.

Parente – É.

Leidimar – Não mandei ninguém pedir cancelamento.

Parente – É.

Leidimar – Eu organizei a empresa pra quem quer continuar, não pra quem quer parar.

Parente – Pra quem quer continuar, quem qué fazê as coisa.

Leidimar – Eu nunca falei pra ninguém que devolvia dinheiro pra alguém.

- Advertisement -

Parente – É.

Leidimar – Ou ouviu eu falando alguma vez isso aí pra alguém? Que se f… agora.

Parente – Não sei, dá até medo de sair né.

Leidimar – É, tem que se cuidar. Quando ir pra lá, ir com a (inaudível) e com a pistola carregada, e se baterem no carro ou se chegarem perto, não tem que pará. Se furar um pneu, uma coisa, tem que continuar.

Parente – É.

Leidimar – Porque daqui um pouco o cara tá ali atrás e finge um acidentezinho, dá aquela batidinha só pro cara parar e descer.

Parente – É, eles fazem isso aí.

Leidimar – Tem que se fazer de loco eeee lá no meio do mato lá, se alguém se atravessar, tem que meter em cima e tocá-lhe fogo. Não dá pra dá moleza.

Parente – É, já vô carregar os pentes. Carreguei dois pente de bala, vou carregar mais um outro. Eu tô a fim de ir lá pra fora, lá pra Neli uns dia. Ficá pra lá.

O maior golpe da história da economia do país no mercado bitcoin

O golpe aplicado pela Unick Forex está entre os maiores esquemas aplicados não só no mercado bitcoin, mas, acima de tudo, na história da economia do país. A fraude afetou milhares de pessoas. Alguns clientes perderam absolutamente tudo, inclusive, houve casos de infarto e relato de um homem que cometeu suicídio ao perceber que nunca mais recuperaria o dinheiro investido.

Hoje, todos os diretores da Unick estão presos. E, embora isso não traga o dinheiro investido de volta, para alguns serve como consolo. Os bilhões de reais sumiram das contas dos diretores da Unick. Alguns viraram imóveis em nomes de terceiros (laranjas) e outros enviados ilegalmente para o exterior. A quantidade de dinheiro envolvido é incalculável. Só Paulo Sérgio Kroeff, um dos envolvidos no esquema, teria mais de 1 bilhão.

Danter Silva, diretor de marketing da Unick e Leidimar, entraram com pedido de habeas corpus. No entanto, o pedido foi negado, pois a Justiça considera que eles podem atrapalhar as investigações. Nos registros do processo, no entanto, a empresa alega ser “utilizadora do sistema de marketing multinível de forma legítima”.

Veja também: Unick Forex: negado pedido para soltar o presidente Leidimar Lopes


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!