Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Piramide financeira: San Rodrigues teve ajuda da PF sua fuga


Sanderley Rodrigues Vasconcelos ou simplesmente Sann Rodrigues era procurado no Brasil por participação no esquema de pirâmide financeira Telexfree. Por esta razão o piramideiro não poderia deixar o país.

Entretanto, Sann Rodrigues subornou agentes da PF a fim de conseguir escapar do país e não sofrer as penalidades impostas pela justiça brasileira, por conta de suas atividades com pirâmide financeira. O país escolhido por Sann foi os EUA.

Veja mais: Mercado bitcoin: após a crise que atingiu o Líbano, cidadãos começam a olhar para o Bitcoin

Piramide financeira: San Rodrigues teve ajuda da PF sua fuga
Piramide financeira: San Rodrigues teve ajuda da PF sua fuga

Líder de pirâmide financeira paga PF

O ano era 2015 e a justiça tinha acabado com o esquema de pirâmide financeira Telexfree. Assim, todos os envolvidos estavam impedidos de deixar o país, mas isso não foi impedimento para Sann Rodrigues que deixou o país pelo aeroporto internacional de Guarulhos.

A pergunta que a justiça se fazia era como ele conseguiu atravessar as fronteiras, tendo o nome na lista dos que não poderia deixar o país.

O que os investigadores descobriram foi que o líder da pirâmide financeira pagou a agentes da PF para retirar o seu nome do Sistema Nacional de Procurados e Impedidos. De acordo com a investigação, o piramideiro pagou cercar de R$ 150 mil para receber a ajuda e parte do valor foi em bitcoin.

Assim, na última terça-feira (18/02) a PF deflagrou a operação ousadia para pegar o agora ex-policial e outros envolvidos que manipulavam o sistema de informações.

- Advertisement -

Com isso, a PF deu início a 4 mandatos de busca e apreensão, sendo 2 em São Paulo, 1 em Brasília e 1 em Santa Catarina.

Além das prisões, a justiça ainda mandou bloquear cerca de R$ 1,4 milhão e 5,75 bitcoins.

Os suspeitos estão sendo investigados pelos crimes de corrupção passiva, corrupção ativa e inserção de dados falsos no sistema.

Em nota, a corporação informou que “não tolera desvios” e “não teme cortar na própria carne”.

O costume do cachimbo deixa a boca torta

Mesmo Sann Rodrigues estando livre das mãos da justiça brasileira, ele não conseguiu ficar longe do vício de lesar pessoas. Assim, lá nos EUA, o faraó montou a sua própria pirâmide financeira, a IFREEX.

Ele foi responsável por lesar milionários em Massachusetts, vendendo cartões telefonicos pré-pagos como forma de investimentos.

Assim, no dia 18 de maio de 2015, os esquemas de pirâmide financeira do faraó tiveram fim. Sann foi preso nos EUA.

Veja também: Bitcoin Hoje: O dólar Americano pode perder posse de moeda de reserva para BTC


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!