/Pegando Fogo

O delegado da Polícia Federal, Martin Bottaro Purper. Fez uma comparação com o famoso esquema de Pirâmide Financeira um tanto curioso. Purper comparou os esquemas de Pirâmide com a forma que a maior organização criminosa do Brasil organiza os seus negócios.

Facção criminosa avança sua captação de recursos para financiar o crime organizado utilizando das criptomoedas, adquirindo máquinas para mineração de Bitcoin e negociação no mercado BTC.

Pirâmide Financeira: esquema do PCC é comparada com Pirâmide Financeira - Dinheiro Digital
Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Pirâmide Financeira: esquema do PCC é comparada com Pirâmide Financeira

Policia Federal deflagra operação, e compara organização financeira do PCC com Esquema de Pirâmide Financeira.


Cobranças de taxas em presídios dominado pelo grupo criminoso, propicia proteção dentro do sistema carcerário.

Pirâmide Financeira
Núcleo Financeiro do PCC é comparado com Pirâmide Financeira / Diário Prime.

Entendendo a Pirâmide Financeira do PCC

O delegado Purper é quem coordena a Operação Cravada, essa operação já prendeu mais de 20 integrantes do PCC. De acordo com ele os líderes do grupo estão enriquecendo às custas de contribuições que são recolhidas de membros do baixo escalão.

O delegado comenta:

“Esse dinheiro é administrado em prol dos líderes. As pessoas que estão em baixo, na verdade, contribuem sem ter praticamente nenhuma retribuição. Igualmente as pirâmides financeiras.”

Ainda segundo o delegado, esses valores são exigidos para o financiamento de atividades ilícitas.

As mensalidades podem chegar a R$ 250 por membros. Sendo assim, facção criminosa arrecada cerca de R$ 1 milhão só com as mensalidades, que são pagas especialmente por detentos que buscam respaldo dentro do presídio.

De acordo com Purper eles mesmos fazem a contabilidade e quando verificam que alguém ficou sem pagar, a pessoa é espancada ou excluída.

- Advertisement -

Para que fique mais difícil o trabalho da polícia de rastrear o dinheiro, esse é dividido em diversas contas.

No entanto, a operação cravada, liderada pelo Purper, conseguiu identificar mais de 400 contas da facção. As mesmas já foram bloqueadas pela justiça.

Moedas virtuais do PCC

No mês de março a polícia recebeu uma denúncia anônima de uma mineradora de bitcoin que pertencia ao PCC.

Após investigações a polícia chegou a uma casa onde estavam os equipamentos de mineração. Perceberam também que foram feitas várias modificações na estrutura da casa para viabilizar a atividade.

A polícia recolheu todos os dispositivos de mineração, armazenados na 47° departamento de polícia de Capão Redondo.

Entendendo os altos lucros da facção

No ano passado o então ministro da segurança pública Raul Jungmann, revelou que PCC e o comando vermelho eram o primeiro e o segundo mais presente em presídios federais do país.

Segundo ele 50% dos presos nesses presídios eram do PCC.

Assim com cada um pagando uma taxa de R$ 250,00 para ter o status ou a proteção dentro do presídio, é fácil entender como o PCC levanta tanto dinheiro no seu esquema de Pirâmide Financeira.

Não apenas o PCC está presente nos presídios, mas outros grupos também marcam presença, como a família do Norte, sendo a terceira mais presente com 7%. Já a quarta é a okaida de alagoas com 4,7%.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!


Postagens recentes

1 De 174