Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mercado BTC: Criptomoeda do Facebook a Libra, investigada por órgão da União Europeia

A Criptomoeda do Facebook a Libra, sofre agora com a União Europeia.


O mercado BTC vem sendo bastante influenciado pelos anúncios da nova moeda digital, chamada de Libra. Essa moeda vem passando por bastante embargos por parte da população e do governo norte americano, no entanto, quem está de olho na moeda agora é a União Europeia (UE). Tudo por conta dos escândalos envolvendo o Facebook e a empresa Cambridge.

Além disso a UE desconfia que o Facebook impedirá uma concorrência leal com outras marcas. Contudo a empresa disse que iria atender a todas as exigências dos órgãos reguladores.

Toda essa indecisão acerca da Libra faz com que mercado BTC flutue, assim, quem estiver bem atento, poderá ter grandes chances de realizar negócios bem lucrativos.

mercado BTC
Libra criptomoeda do facebook, quer entrar no mercado BTC mas sofre agora com a UE / Diário Prime.

Libra, mercado BTC e a UE.

Depois do parlamento norte americano, a Libra agora está encontrando certa resistência por parte da Comissão Europeia. Nesta última terça feira (21) surgiu uma notícia divulgada por meio da agência Bloomberg de que a Comissão Europeia estaria investigando a nova moeda digital criada pelo Facebook, para saber se ela é ou não prejudicial aos rivais. O Facebook já vinha sendo criticada nos últimos dois meses pela União Europeia, devido às violações de privacidade. Assim, as críticas aconteceram depois do escândalo envolvendo a Cambridge Analytica e das interferências nas eleições dos Estados Unidos.

No entanto essa é a primeira vez que a empresa é investigada pela União Europeia.

Planos do Facebook para o mercado BTC

Assim a comissão está investigando comportamentos anti-competitivos da empresa norte americana e sua moeda digital. Envolvendo o uso de dados dos consumidores que pode resultar em uma restrição à concorrência.

- Advertisement -

Desde julho, que foi o anúncio de lançamento da moeda do Facebook, 27 empresas já assumiram o seu compromisso em aceitar a Libra como forma de pagamento.

São exemplos dessas empresas a:

  • Visa;
  • Mastercard;
  • Uber;
  • Paypal.

Cada uma dessas empresas contribuirá com um investimento no valor de US$ 10 milhões (cerca de R$ 40 milhões).

Por meio da Libra a empresa pretende revolucionar o mercado BTC, competindo diretamente com bancos. Levando assim acesso as pessoas que hoje não conseguem abrir uma conta em instituições bancárias convencionais.

Segundo a empresa os pagamentos serão realizados através de uma carteira digital apelidada de Calibra e integrará as redes sociais da empresa como por exemplo: Facebook, WhatsApp e Instagram.

Os planos iniciais da empresa era que o Facebook fizesse parte do mercado BTC em 2020, mas com todos esses embargos enfrentados pela empresa, não se tem mais uma data específica e a empresa já chegou a comentar de que nem sabe se a ideia sairá do papel.

O medo dos órgãos reguladores

Diversos órgãos reguladores acreditam que a entrada do Facebook no mercado BTC pode ameaçar a estabilidade do banco central dos EUA. Além disso, acreditam que a Libra pode ser utilizado para a lavagem de dinheiro e por fraude no mundo inteiro.

Contudo a empresa declarou que está disposta a se adequar a todas as exigências dos órgãos reguladores.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!