/Pegando Fogo

Mais um dia de notícias quente do Diário para você que é investidor de Forex a fim de te deixar por dentro de tudo que acontece de mais impactante no mercado.

As notícias têm um papel fundamental para quem investe em day trade e foi exatamente para ajudar a você que o Diário preparou esse post.

Forex: Retomada a Guerra comercial entre a China e os EUA, FEED e juros agitam o mercado - Dinheiro Digital
Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Forex: Retomada a Guerra comercial entre a China e os EUA, FEED e juros agitam o mercado


Um dos assuntos que movimentaram o mercado foi o anúncio dos cortes de juros norte americana. Sendo assim, o presidente do FED tem uma missão muito complicada. Enfrentando o FED mais dividido de todos os tempos, o que causa volatilidade no mercado. Impedindo assim o corte nas taxas de juros. Sendo assim Powell, o presidente do FED, falou em um simpósio dia (22), para um grupo de banqueiros e economistas. No entanto o seu discurso aconteceu em um momento em que o FED e o Powell passam por um cerco nunca visto antes, executado por um presidente irritado.

Mark Cabana, chefe da estratégia de juros de curto prazo do Bank of US. América Merrill Lynch. Falou sobre as dificuldades enfrentadas por Powell.

“Ele é um pouco duro. Sua comissão é dividida. Ele está sob muita pressão do presidente. E mais importante, os dados dos EUA têm sido relativamente resilientes e isso não lhe dá uma enorme quantidade de justificativa para facilitar significativamente.”

Veja também: Mercado BTC: Prepare-se para o mundo de conformidade das Criptomoedas

Forex
FEED, juros dos EUA e guerra comercial com a China agitam o mercado. / Diário Prime.

Powell no simpósio

Já no simpósio, Powell garantiu que a economia norte americana está no local favorável. Contudo, enfrenta riscos significativos devido a diminuição do crescimento no mercado exterior.

Powell declarou:

- Advertisement -

“A incerteza na política comercial parece estar desempenhando um papel na desaceleração global e na fraca produção e gastos de capital nos Estados Unidos”. Disse Powell no texto de seus comentários aos banqueiros centrais reunidos no simpósio anual do Fed em Jackson Hole. Wyoming. “ Vamos agir de forma apropriada para sustentar a expansão, com um mercado de trabalho forte e inflação próxima ao objetivo simétrico de 2%. ”

Por consequência do comentário de Powell as ações norte-americanas reduziram as perdas e os títulos do Tesouro subiram

China contra-ataca o EUA e o Forex reage

A China declarou que aumentará as tarifas sobre produtos norte-americanos no valor de US $ 75 bilhões e retomará as tarifas de automóveis americanos.

Declarou que uma tarifa de 25% será paga nos carros norte americanos e de 5% em autopeças e componentes. Mas tais tarifas entrarão em vigor no mês de dezembro.

A guerra comercial voltou à ativa depois que o presidente Donald Trump ameaçou no início do mês por tarifas de 10% sobre outros US $ 300 bilhões de produtos chineses.

“Em resposta às medidas dos EUA, a China foi forçada a tomar contramedidas”, disse o Conselho chinês sexta-feira.

“O lado chinês espera que os EUA continuem a seguir o consenso da reunião de Osaka, retornem ao caminho correto da consulta e resolvam as diferenças, e trabalhem duro com a China para acabar com o objetivo de acabar com as fricções econômicas e comerciais”. Acrescentou.

Sendo assim, os dois países estão com datas marcadas para negociações comerciais no começo do mês que vem.

Essas foram as notícias mais relevantes do mercado Forex, para que você consiga altos rendimentos em suas negociações.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!


Postagens recentes

1 De 174