/Pegando Fogo

O ano de 2019 foi bom não só para investidores em Mercado Bitcoin, mas também para as mineradoras de bitcoin, chegando a movimentar cerca de US $ 5,4 bilhões no total. E de acordo com relatório da CoinShares, a China ganhou destaque no setor de mineração.

Esse relatório pesquisou tendências, custos médios de criação, consumo de energia e fontes de mineração de bitcoin, e viu que quase 70% do hashrate do Mercado Bitcoin são provenientes da China.

Mercado Bitcoin: Relatório mostra que a China domina a mineração de bitcoin. Será um sinal de alerta? - Dinheiro Digital
Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mercado Bitcoin: Relatório mostra que a China domina a mineração de bitcoin. Será um sinal de alerta?


Confira: Mercado Bitcoin: Ex jogador da NBA é indiciado a crime envolvendo BitcoinEmpresa mineradora do Mercado Bitcoin. Pátio com várias máquinas que fazem a mineração do bitcoin

Esse domínio da China em mineração de bitcoin, será um motivo para preocupação para o Mercado Bitcoin?

Não é novidade que a China sempre foi país de destaque quando o assunto é mineração de bitcoin. Isso porque a eletricidade e outros recursos chineses são mais baratos, e empresas como Bitmain e F2Pool que constituem um pedaço do hashrate do Mercado Bitcoin, são fundamentadas no país.

Entretanto, a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC) chinesa colocou a mineração de bitcoin em uma lista que deseja eliminar com o tempo. Isso deixou as empresas do setor preocupadas com o futuro da mineração na China.

- Advertisement -

Desde o último trimestre de 2019, o setor de mineração de criptomoedas avançou, pois se recuperou de uns meses ruins e voltou a dominar o setor novamente.

Para dizer se a maior parte do hashrate do bitcoin oriundo da China é negativo ou positivo, depende do ponto de vista. No entanto, como é um mercado descentralizado, o ideal é ter um hashrate distribuído.

Agora, na parte do hardware, o pioneirismo da Bitmain diminuiu, abrindo oportunidade para os concorrentes, como Hut8 e Canaan tomar o primeiro lugar no setor de mineração de bitcoin.

Então, apesar dos números mostrarem que o pioneirismo da China no setor tenha crescido, na parte de hardware, a disputa está mais acirrada, devido à grande concorrência.

Expandir as instalações de mineração para áreas de montanhas como Washington e Noruega, servirá como indicação de que a organização geográfica do hashrate do Mercado Bitcoin ficará melhor ao passo que o setor cresce.

Veja Também:Mercado Bitcoin: Bitcoin supera a Netflix e Microsoft


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!


Postagens recentes

1 De 174