Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mercado bitcoin: o acontecimento que pode definir a alta da Criptomoeda em 2020


Se depender de seus apoiadores, o mercado bitcoin esse ano irá crescer ainda mais. Arthur Vayloyan, CEO do Bitcoin Suisse, comentou em entrevista para a CNN os vários motivos para se animar com as criptomoedas em 2020.

Vayloyan preferiu não fazer previsões sobre o preço do ativo, entretanto, apresentou progressos interessantes a serem observados no mercado bitcoin e criptografia. Além disso, o CEO do Bitcoin Suisse comentou que apesar da queda do preço de julho de 2019 para cá, as melhorias essenciais continuam nos bastidores.

Mercado bitcoin: o acontecimento Bull de 2020
Mercado bitcoin: o acontecimento Bull de 2020 – Imagem: Reprodução

Veja mais: Bitcoin Hoje: Sebrae de Lavras, oferece workshop sobre Bitcoin e Blockchain

O halving do Bitcoin

Durante a entrevista para a CNN, Vayloyan comentou diversas vezes sobre o halving do bitcoin. Evento que acontece, normalmente, a cada quatro anos e acontecerá agora em 2020.

Nesse evento acontece uma redução pela metade na quantidade de bitcoins criados, dessa forma os mineradores ficam com cada vez menos recompensas. Em outras palavras, o halving é uma redução na produção de bitcoins. Estima-se que esse ano a produção cairá de 12,5 para 6,25.

- Advertisement -

Veja mais: Mercado Bitcoin: Recompensa de Bitcoin minerado reduzirá pela metade após o Halving

O CEO da Bitcoin Suisse se referiu ao BTC como “mãe de todas as criptomoedas” e além disso comentou sobre como esse evento afetou o mercado bitcoin no passado.

Disse: “quando você olha para trás e analisa a história como uma previsão ou uma ideia do que poderia acontecer, vê que as flutuações de preços foram positivas nesses anos e no ano seguinte ao evento”.

Houve uma discussão entre os especialistas em moedas digitais sobre se as metades já estão estimadas no mercado de criptomoedas. De acordo com Vayloyan, “seria interessante, mas eu diria que vai subir”.

Um mercado bitcoin amadurecido

Vayloyan também comentou que muita coisa mudou no mercado bitcoin desde a sua criação, e disse que as moedas digitais vieram para ficar.

E acrescentou: “Eu posso afirmar isso porque ao observar os últimos dez anos, é possível ver uma mudança nos apoiadores do bitcoin. Antes eram pessoas interessadas em tecnologia. Agora, além de pessoas, existem instituições, que enxergam as oportunidades que estão por trás das tecnologias criptográficas.”

Veja mais:Bitcoin Hoje: China quer criar sua própria moeda digital em resposta a Libra do Facebook


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!