/Pegando Fogo

A Atlas Quantum anunciou que ira recompensar os clientes que pediram saques de Bitcoin Hoje  e tiveram um atraso na sua solicitação e devem receber um bônus de 25% mais a rentabilidade da plataforma. A empresa atlas divulgou um comunicado sobre essa situação:

“O Atlas Quantum lamenta eventuais dificuldades encontradas por seus clientes e informa que, devido a questões técnicas pontuais, os saques na plataforma da empresa tiveram – por período temporário – aumento no prazo para serem efetivados. Devido a esse procedimento, e a fim de reiterar a transparência e o compromisso na relação com seus clientes, todos os usuários cujos saques tiverem atraso além do D+1 (24 horas) terão os rendimentos dos dias de atraso creditados com um bônus de 25%.”

Bitcoin Hoje: Atlas Quantum compensa atrasos nos saques - Dinheiro Digital
Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Bitcoin Hoje: Atlas Quantum compensa atrasos nos saques


bitcoin hoje
Imagem: Atlas Quantum

Leia também: Mercado BTC: Grupo Bitcoin Banco Sofre mandado de Busca e Apreensão

Empresa Atlas Quantum permite que os usuários comprem Bitcoin Hoje por meio dela que promete fazer operações automáticas com a criptomoeda, “comprando onde está mais barato e vendendo por um preço mais alto”

- Advertisement -

Recentemente algumas noticias envolvendo a empresa atlas e a  Comissão de Valores Mobiliários do Brasil (CVM).

Segundo a CVM proibiu na terça-feira passada dia 13, proibiu a empresa Atlas Quantum de oferecer investimentos atrelados à valorização de criptomoedas como o bitcoin. Segundo a CVM, a modalidade de aplicação oferecida pela empresa se assemelha a Contratos de Investimento Coletivo (CIC) que precisam ser submetidos à CVM, o que a empresa Atlas Quantum não fez. Caso a empresa continue com a oferta irregular, ela será multada em R$ 100 mil por dia, advertiu a CVM.

Bitcoin e outras criptomoedas em pauta no G7:

As criptomoedas estão em pauta na reunião do G7 (Grupo dos paises mais economicamente poderosos do mundo). Recente o presidente dos EUA, Donald Trump fez comentário sobre a necessidade de regulamentar as criptomoedas. Fato curioso que só levou 10 anos de existência das criptomoedas para ser motivo de estar em pauta no G7.

Esse encontro deve acontecer dia 24 e 26 e conta com os representantes nacionais do Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos.

O Bitcoin e outras criptomoedas terão espaço na pauta de discussão na reunião. Pompliano (Cofundador e sócio da Morgan Creek), destacou que levou apenas uma década desde a criação do Bitcoin para a moeda digital descentralizada ir de um experimento da internet para agora ser discutidas no G7 e em outros escritórios regulatórios. Pompliano falou sobre a recente aprovação da Bakkt pelos reguladores dos EUA para vender futuros de Bitcoin sendo um ponto de referencia de quanto mais infraestrutura é construída em torno de Bitcoin, mais provável que ele se fortaleça.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!


Postagens recentes

1 De 174